Alexandre Guariglia e Rafael Ribeiro
13/01/2022
15:05
São Paulo (SP)

O Palmeiras apresentou nesta quinta-feira o colombiano Eduard Atuesta, contratado junto ao Los Angeles FC, dos EUA. O meio-campista, que atuará com a camisa 20, falou sobre o passo à frente que deu na carreira e de como a estrutura do clube vai ajudá-lo na adaptação ao futebol brasileiro. Além disso, ele revelou que recebeu vídeos para estudar como joga o time alviverde.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Confira a pré-lista de inscritos do Palmeiras para o Mundial de Clubes

Aos 24 anos de idade, Atuesta era um sonho antigo do Verdão de Abel Ferreira, mas somente nesta janela foi possível contratá-la. Essa mudança significa muito para o jogador, que vê o Maior Campeão do Brasil como uma evolução em sua trajetória, na qual pretende fazer histórica conquistando títulos.

- Acompanhei os títulos, os últimos dois títulos, vi a maioria das partidas e conheço sua história, sei que tem uma grande torcida, que sempre está apoiando e incentivando. Conheço tudo, obviamente também sei que o que vem da equipe é algo que chama muito a atenção - disse o camisa 20 antes de completar:

- Vejo como um passo á frente em minha carreira, uma oportunidade para fazer história, uma oportunidade para crescer como jogador, para jogar mais torneios, para ser bicampeão do mundo com essa equipe, ter não só o título de 1951, mas também o de 2022, colocar esse bicampeonato em nosso escudo para nossa torcida. Claro que é um patamar acima em minha carreira e espero aproveitar, desfrutar e entregar o que mais possa para o clube.

Empolgado com a chance de defender o Palmeiras, Atuesta pediu ao clube vídeos com os últimos jogos da última temporada, a fim de poder estudar, durante as férias, como a equipe joga. A comissão técnica aproveitou o interesse do colombiano e enviou as imagens acompanhadas de explicações.

- Simplesmente entender um pouco como se joga aqui, pedi dos vídeos dos últimos jogos da temporada e me enviaram uma explicação detalhada para poder entender e estudar como funciona a equipe, como me portar, pude ver seus jogos, suas explicações, me ajudou muito a entender os aspectos táticos que a equipe tem muito bem azeitada, muito bem organizada. A ideia é seguir aprendendo, absorvendo o que diz o técnico, e sobretudo no treinamento informações e estilo de jogo para poder me adaptar o mais rápido possível.

Sobre a adaptação ao calendário brasileiro, ele admite que é bem diferente do que tinha nos EUA, mas acredita que com a estrutura oferecida pelo Palmeiras, essa adaptação será mais rápida e sem dificuldades para jogar por aqui.

- Muito boa (a estrutura), cheguei e me impressionou muitíssimo, para nós é muito bom ter tudo para potencializar 100% do nosso rendimento. Estou impressionado e tem sido muito bom conhecer essas instalações.

- É muito diferente, mas vendo as instalações, o pessoal que trabalha aqui, simplesmente me dá muita tranquilidade para trabalhar, dar tudo de mim, porque estou rodeado não só de infraestrutura, mas também de profissionais, para que a adaptação seja muito rápida para tirar o 100% de mim e entregar o máximo - concluiu.

Atuesta - Apresentação Palmeiras
Atuesta foi apresentado nesta quinta (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)