Flávia Saraiva

Flávia Saraiva errou na execução de alguns movimento (Foto: Gaspar Nóbrega/COB/ @timebrasil)

LANCE!
03/08/2021
06:48
Tóquio (JAP)

No último dia das finais da ginástica artística nos Jogos Olímpicos, o destaque ficou por conta da decisão na trave no naipe feminino, nesta terça-feira. O ouro e a prata ficaram com as chinesas Guan (14.633) e Tang (14.233), respectivamente. Principal ginasta da atualidade, a americana Simone Biles beliscou o bronze ao tirar 14.000. A prova contou com a brasileira Flávia Saraiva, mas ela errou algumas  bobagens e acabou em sétimo, com 13.133

As participações da americana e da brasileira chegaram a ser ameaçadas. Simone se classificou para todas as finais, mas falhou no primeiro aparelho da primeira decisão (por equipes) e depois desistiu de todas as outras finais, exceto a desta terça-feira. Já a Flávia se machucou durante as qualificatórias, mas se recuperou a tempo. 


CONFIRA O QUADRO DE MEDALHAS ATUALIZADO AO FINAL DA REPORTAGEM

Assim, o Brasil encerra sua participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio com duas medalhas na ginástica, ambas de Rebeca Andrade: ouro no salto e prata no individual geral. No masculino, o país passou em branco pela primeira vez desde 2008.