Camutanga - Náutico

Jogador acumula mais de 100 jogos com a camisa do Timbu (Caio Falcão/CNC)

Futebol Latino
04/06/2021
12:40
Recife (PE)

Se o futebol dos tempos modernos praticamente inviabiliza a longevidade de atletas nos clubes brasileiros, o zagueiro Camutanga vem demonstrando no Náutico que a sua realidade é frontalmente contrária a essa tendência ao permanecer desde 2018 no clube de Recife.

>APP Lance! Resultados: baixe agora!

Ao longo desse período, ele já teve a oportunidade de conquistar por duas vezes o Campeonato Pernambucano (2018 e 2021) bem como a histórica Série C do Brasileirão em 2019 que significou a primeira taça de âmbito nacional em toda a história do Timbu.

Pensando em tornar a história de107 partidas e quatro gols no clube ainda mais vitoriosa e se aproximar de figuras idolatradas como o ex-jogador Kuki, o defensor falou ao portal 'ge' sobre a importância de ter evoluído em diferentes aspectos desde que chegou ao Náutico.

Entretanto, a consideração não fez com que o zagueiro de 27 anos de idade se esquivasse da pergunta sobre se considerar um ídolo do torcedor Alvirrubro:

- Vejo como um crescimento, tanto na minha carreira quanto no clube. Quando eu cheguei aqui, em 2018, o clube vinha de um rebaixamento (para a Série C), então foi uma reconstrução de elenco. Poucas pessoas ficaram. Eu fui um dos que cheguei e estou até hoje fazendo parte desse clube, onde já conquistei um acesso e três títulos. Neste ano, vamos brigar para conquistar mais um acesso e quem sabe o título também, mas com muito trabalho e pés no chão.

- Já foram três títulos e um acesso, mas que venha muito mais para cada dia crescer mais como ídolo, quem sabe chegar 25% do que Kuki é. Então, sim, me considero (ídolo), mas tenho muito o que ganhar pelo clube ainda - completou Camutanga.