Caio Bonfim - Bronze na marcha atlética

Prova de marcha atlética em Tóquio-2020 terá início às 5h (Foto: DANIEL LEAL-OLIVAS / AFP)

LANCE!
16/04/2019
17:16
Tóquio (JAP)

A Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio anunciou nesta terça-feira os horários das competições do megaevento, que acontecerá entre os dias 24 de julho e 9 de agosto de 2020. Serão 339 provas de 33 modalidades. Chama a atenção o fato de diversos eventos ao ar livre terem sido agendados para o início da manhã, decido à preocupação dos dirigentes com o forte calor.

A final masculina da marcha de 50km, por exemplo, foi marcada para 5h30 no horário local, enquanto as provas da maratona para homens e mulheres serão iniciadas às 6h. A maratona aquática, que no Rio de Janeiro teve início às 9h, terá largada às 7h, enquanto as disputas do triatlo iniciarão às 7h30. Isso exige uma preparação específica para os atletas.

Está será a segunda vez que a capital japonesa receberá os Jogos Olímpicos. A primeira foi em 1964, mas, na ocasião, o evento aconteceu no outono, não enfrentou problemas com o calor.

Na Era Moderna, o evento não pode ocorrer nesta estação no Japão, pois se chocaria com o calendário do futebol europeu e com os esportes americanos.

Os organizadores da Olimpíada consultaram os horários com o Comitê Olímpico Internacional (COI), e com os órgãos reguladores dos diferentes esportes, além de competidores e especialistas médicos.

– Quando vemos os Jogos Olímpicos em geral, é claro que temos que considerar o público global e ajustar e controlar o cronograma como um todo. Os atletas, quando conhecem a sua programação com antecedência, podem fazer um ajuste para se prepararem – disse Koji Murofushi, diretor esportivo dos Jogos de Tóquio e medalhista olímpico de ouro em Atenas-2004 na prova do lançamento do martelo.

Natação terá finais à noite

A natação, diferentemente do que ocorreu no Rio, terá suas finais de manhã, a partir das 10h30, mas por outra razão. Como ocorre em todas as edições dos Jogos, a programação é ajustada de acordo com o interesse da NBC, emissora dos Estados Unidos, que quer exibir as provas em horário nobre em seu país.

Já o público brasileiro terá de madrugar para assistir a alguns dos esportes mais populares em Olimpíadas. As finais do judô e da ginástica artística começarão às 17h de Tóquio (5h de Brasília). No vôlei, a final masculina acontecerá às 21h15 (9h15 de Brasília), enquanto a feminina terá início às 13h30 (1h30 de Brasília).

A primeira medalha de ouro Tóquio-2020 sairá no tiro, na prova feminina da carabina de ar de 10 metros, marcada para ocorrer em 25 de julho.

Basquete terá mudança de formato

Outra decisão anunciada pelos organizadores diz respeito ao formato da disputa do basquete. Diferentemente do que aconteceu na Rio-2016, quando foram formados dois grupos com seis times em cada, com quatro avançando para as quartas de final, desta vez as 12 seleções por naipe serão divididas em três chaves, com quatro times cada um.

Os dois primeiros de cada avançam direto para as quartas de final. Os dois melhores terceiros colocados também vão para o mata-mata. Na sequência, um sorteio será feito para determinar os confrontos.

Os vencedores dos grupos e o segundo colocado com o melhor resultado na fase de grupos serão colocados no pote D, enquanto os dois restantes segundos serão colocados ao lado dos dois melhores terceiros colocados no pote E. Equipes do mesmo grupo na primeira fase não podem se enfrentar nas quartas de final.

A final masculina será disputada às 11h30 (23h30 de Brasília), antes da decisão do bronze, que acontecerá às 20h do mesmo dia pelo horário local (8h de Brasília).