Filipe Toledo (BRA)

Filipinho foi derrotado na terceira fase da etapa de Hossegor no WCT (WSL/DAMIEN POULLENOT)

LANCE!
10/10/2018
13:06
Hossegor (FRA)

O segundo dia de provas masculinas em Hossegor foi de algumas surpresas no Circuito Mundial de Surf. A 'Brazilian Storm' teve um desempenho mediano nas águas da França, onde Ítalo Ferreira, Ian Gouveia, Yago Dora e Wiggoly Dantas foram eliminados, enquanto Gabriel Medina, Adriano de Souza e Willian Cardoso avançaram. Contudo, o fato mais inesperado foi a desclassificação do líder do WCT, Filipe Toledo.

Quedas Brasileiras e eliminação de Filipe Toledo
Primeiro a cair nas águas de Hossegor nesta quarta-feira, Ítalo Ferreira enfrentou o australiano Matt Wilkinson e saiu derrotado. Quarto colocado no ranking do Circuito Mundial de Surfe nesta temporada, o brasileiro fez uma bateria disputada com Wilkinson, mas terminou com um 13.84, contra um 13.90 do australiano.

Depois de Ítalo, foi a vez de Yago Dora começar sua bateria. O catarinense enfrentou o estadunidense Conner Coffin mas também saiu derrotado pelo placar de 10.43 a 10.27. Ian Gouveia foi outro brasileiro a dar adeus a etapa de Hossegor do WCT. O brasileiro encarou o sul-africano Jordy Smith e perdeu por 13.50 a 13.40.

No entanto, a surpresa maior ainda estava por vir. Líder do ranking atual do WCT, Filipe Toledo enfrentou o australiano Ryan Callinan e era franco favorito para o confronto, mas acabou derrotado. O brasileiro fez a maior nota do dia (9.00), mas no somatório, não conseguir levar a melhor e foi eliminado da etapa da França. Placar final de 16.80 a 16.60 para o australiano.

Três brasileiros garantidos e Medina ainda na briga
Antes mesmo de Filipe entrar na água, dois brasileiros fizeram bonito e avançaram para a fase seguinte. Adriano de Souza, o Mineirinho, anotou 15.20 e passou com facilidade pelo australiano Adam Buchan, que fez apenas 11.20. Em outra disputa Brasil x Austrália, Willian Cardoso superou Connor O'Leary e avançou para a fase seguinte com um 11.13 contra 11.07.

No duelo de brasileiros, o segundo colocado no Circuito, Gabriel Medina venceu Wigolly Dantas e continuou na perseguição a Filipinho. O campeão do WCT em 2014 não teve dificuldades para bater o compatriota, com placar final de 11.33 a 8.37. Devido as más condições das ondas o evento foi paralisado e Michael Rodrigues ainda disputa sua bateria.

Resultados desta terceira fase da etapa de Hossegor:
Bateria 1: Ítalo Ferreira (BRA) 13.84 x 13.90 Matt Wilkinson (AUS)
Bateria 2: Conner Coffin (EUA) 10.43 x 10.27 Yago Dora (BRA)
Bateria 3: Jordy Smith (AFR) 10.50 x 10.30 Ian Gouveia (BRA)
Bateria 4: William Cardoso (BRA) 11.13 x 11.07 Connor O'Leary (AUS)
Bateria 5: Adrian Buchan (AUS) 11.14 x 15.20 Adriano de Souza (BRA)
Bateria 6: Filipe Toledo (BRA) 16.60 x 16.80 Ryan Callinan (AUS)
Bateria 7: Gabriel Medina (BRA) 11.33 x 8.37 Wiggolly Dantas (BRA)
Bateria 8: Michael Rodrigues (BRA) x Ezekiel Lau (HAV)
Bateria 9: Mikey Wright (AUS) x Joel Parkinson (AUS)
Bateria 10: Kolohe Andino (EUA) x Patrick Gudauskas (EUA)
Bateria 11: Griffin Colapinto (EUA) x Sebastian Zietz (HAV)
Bateria 12: Julian Wilson (AUS) x Joan Duru (FRA)