Charles do Bronx

Charles do Bronx é lutador de UFC (Divulgação / UFC)

LANCE!
06/05/2022
20:09
Rio de Janeiro (RJ)

Durante o evento de pesagem dos lutadores para o UFC 274, Charles do Bronx, que fará o combate principal do evento contra Justin Gaethje, não atingiu o peso ideal e acabou perdendo o cinturão peso-leve. Porém, de acordo com os lutadores e treinadores presentes, a balança digital havia sido descalibrada na véspera da pesagem oficial. 

+Alex Cowboy não tem contrato renovado e deixa UFC

É a primeira vez que um lutador perde o cinturão por não atingir o peso ideal. De acordo com os atletas, a balança apontava uma diferença entre 200g e 300g ao que apresentava na noite anterior. Essa mudança fez com que muitos lutadores tivessem que correr para bater limite de peso dentro das duas horas estabelecidas pela comissão atlética. 

Alguns lutadores se pronunciaram sobre o ocorrido. Através das redes sociais, Ariane Sorriso criticou a balança descalibrada. 

Diego Lima, o principal treinador de Charles, garantiu, em entrevista para o Canal Combate, que o lutador estava com o peso correto. 

- A gente foi dormir no peso, a gente checou o peso na balança que a organização deixa lá embaixo, tudo OK. Quando a gente foi hoje de manhã, estava fora do peso. A gente até postou ontem (quinta) que ele foi dormir no peso, porque realmente é o que aconteceu. Vocês são testemunhas disso, o Charles nunca deixou de bater o peso depois que subiu para 70kg. Até quando não era o cinturão, ele batia abaixo do peso, não usava a libra de tolerância. Se eu for ficar falando vão achar que é desculpa, mas a verdade é essa, a gente postou ontem que ele bateu o peso bem. Bateu o peso e foi dormir - afirmou Diego. 

Charles do Bronx também fez questão de se manifestar sobre o assunto. Através do Instagram, o lutador mostrou confiança ao ressaltar que o "campeão tem nome", apesar da iminente perda do cinturão. 

- O campeão tem nome e se chama Charles Oliveira. Vamos com tudo, nação brasileira. Deus é Deus, ele nunca me abandonou e não vai ser agora que ele abandonará. Eu sou o escolhido, o iluminado - publicou o lutador na rede social.

O UFC anunciou que o cinturão permanece com o brasileiro até a luta contra Justin Gaethje começar. O embate está marcado para este sábado, em Phoenix (EUA). Caso Charles vença o adversário, será o desafiante número 1 e enfrentará um candidato ao título com chances de reconquistar o cinturão.