sft

SFT 34 terá Felipe Buakaw como uma das principais atrações (Foto: SFT)

TATAME
30/04/2022
12:34
São Paulo (SP)

Estreante na terceira edição do SFT, realizada em 2018, Felipe Buakaw (19v-5d) tem uma longa história na organização. Entre idas e vindas, ele terá a chance de atingir o seu auge no evento neste sábado (30), quando vai enfrentar Alex Canguru (11v-3d) pela luta principal do SFT 34 – valendo o cinturão interino do peso-leve. Atualmente o primeiro colocado no ranking até 70kg e embalado por duas vitórias seguidas, Felipe Buakaw sabe do seu bom momento, mas mantém os pés no chão de olho no desafio.

- Meu pensamento é sempre que a próxima luta é a mais importante da minha vida, da minha carreira, então é o que o duelo com o Canguru representa agora. Sigo dando o meu melhor todos os dias, em todos os treinos, e assim sinto que fico mais perto de conquistar o cinturão pouco a pouco. Agora é ir com foco total - afirmou o lutador, que projetou o combate no SFT 34:

- Todas as vezes que vou lutar, o meu adversário é que treina para me enfrentar, enquanto eu apenas tento fazer o meu jogo. Serei o Buakaw de sempre, um atleta completo. Vou levar o confronto para o meu jogo, fazer ele lutar como eu quero. Não sou burro, conheço as armas dele, mas não me assustam. É ficar atento e colocar pressão pra cima dele.

Aos 29 anos de idade, Felipe Buakaw estreou no MMA profissional em 2011 e, desde então, somou 19 vitórias e cinco derrotas. Após passar por diversos eventos dentro e fora do Brasil, o atleta fez questão de ressaltar o trabalho realizado pelo SFT, que vem cada vez mais se consolidando como uma das principais organizações de artes marciais.

- Dentre todos os eventos que eu lutei no Brasil e na América Latina, o SFT é o que vem fazendo o melhor trabalho, do tratamento aos atletas, ao show em si, divulgação, tudo, e os atletas que não sabem aproveitar isso estão perdendo tempo e dinheiro - opinou o peso-leve, que para o duelo com Canguru, apostou em um período de treinos na American Top Team (ATT), uma das principais equipes de MMA.

- Os treinos na ATT foram a realização de um sonho. Poder treinar com alguns dos meus ídolos foi um objetivo alcançado, estar ao lado do Edson Barboza, Justin Gaethje, Gleison Tibau, caras que são referência na minha categoria, sem falar no Cigano, Pezão, tantas outras feras. Estar nesse ambiente de campeões foi uma experiência incrível e espero levar ela para o cage - encerrou Felipe.

- Para esse card do SFT 34, os matchmakers foram além do que é possível. Todas as lutas poderiam ser a luta principal, da primeira até a última. Serão dois cards principais, e não um card principal e um card preliminar. E agora, com o público ao vivo, vai ser uma coisa de outro mundo”, projetou David Hudson, presidente do SFT.

A transmissão completa do SFT 34, vale lembrar, começa a partir das 19h30 (horário de Brasília), no YouTube SFT Combat, e continua às 23h15, com o card principal passando ao vivo no canal de TV da Band para todo o Brasil. Para quem quiser acompanhar o evento presencialmente, a entrada no Clube Atlético Juventus, localizado em São Paulo, será mediante a doação de 1kg de alimento não perecível.

CARD COMPLETO:

SFT 34
Clube Atlético Juventus, em São Paulo
Sábado, 30 de abril de 2022

Card principal

Peso-leve: Felipe Buakaw x Alex Canguru (cinturão interino)
Peso-meio-pesado: Acácio Pequeno x Marcos Brigagão
Peso-galo: Fernanda Barbosa x Nubia Bombom
Peso-pena: Bruno Viana x Thiago Manchinha
Peso-mosca: Vicelazio Neto x Lucas Van Damme (Xtreme)

Card preliminar
Peso-casado (59kg): Denis “3D” Araujo x Eduardo Chapolin
Peso-leve: Bruno Beirute x Paulo “Laia” Henrique
Peso-galo: Deja Moura x Isaias Simões
Peso-palha: Jeanne Ruas x Alexia Thainara
Peso-meio-médio: Reginaldo Geraldo x Edinho Silva
Peso-mosca: Luana Santos x Beatriz Ferreira
Peso-leve: Pedro Sousa x Julio Claybom (Jiu-Jitsu)