Atletico-PR x Penarol

Marcelo Cirino e Pablo foram os autores dos gols do Atlético-PR (Foto: Geraldo Bubniak/AGB)

LANCE!
26/07/2018
22:08
Curitiba (PR)

O Atlético-PR largou com o pé direito na Segunda Fase da Sul-Americana. Na noite desta quinta-feira, o Furacão bateu o Peñarol por 2 a 0, na Arena da Baixada. Os gols do time atleticano foram marcados por Marcelo Cirino (principal nome da partida) e Pablo.

Disposto a abrir o placar cedo, o Atlético-PR começou pressionando. Logo aos dez minutos, Marcelo Cirino foi derrubado dentro da grande área. Pênalti, que foi desperdiçado pelo Raphael Veiga, que parou no goleiro Dawson. O arqueiro uruguaio voltou a brilhar logo depois, com Paulo André, que bateu de fora da área e exigiu outra importante intervenção.

Nos minutos finais, a preocupação atleticana era que a dupla Paulo André e Wanderson já tinha cartão amarelo. Porém, os atleticanos não esperavam pela expulsão de Wanderson no último lance do primeiro tempo. Para suprir a ausência de um zagueiro, o técnico Tiago Nunes colocou Léo Pereira na vaga de Marcinho.

Com um jogador a menos, o Atlético manteve a mesma postura para sair de campo com a vitória e abriu o placar em jogada de muita esperteza de Santos. O goleiro fez longo lançamento para o ataque, Dawson se atrapalhou com o zagueiro e a bola ficou livre para Marcelo Cirino. O atacante aproveitou o gol vazio e somente rolou para o fundo das redes.

A habilidade de Marcelo Cirino também gerou a expulsão de Fernández e as duas equipes ficaram com um jogador a menos. Em igualdade de atletas, o Rubro-Negro teve ainda mais facilidade e ampliou a vantagem. Jonathan cruzou rasteiro na área, Pablo se jogou na bola e empurrou para o gol. 2 a 0.

No fim, o Atlético-PR teve outras duas boas chances, mas Pablo, em ambas as ocasiões, parou no goleiro Dawson. O jogo da volta acontecerá no dia 07 de agosto, em Montevideu.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 2X0 PEÑAROL-URU

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (BRA).
Data: Quinta-feira, 25 de julho de 2018.
Horário: 19h30.
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG).
Assistentes: Gabriel Chade (ARG) e Lucas Germanotta (ARG).
Cartões amarelos: Paulo André (CAP); Canobbio (PEN)
Cartões vermelhos: Wanderson (CAP); Fernández (PEN).
Gols: Marcelo Cirino, aos 13′ 2ºT (1-0)/ Pablo, aos 34′2ºT (2-0).

Atlético: Santos; Jonathan, Wanderson, Paulo André e Renan Lodi; Matheus Rossetto, Lucho González e Raphael Veiga (Bruno Guimarães); Marcelo Cirino, Marcinho (Léo Pereira) e Bergson (Pablo). Técnico: Tiago Nunes.

Peñarol: Kevin Dawson; Giovanni González, Carlos Matheu, Fabricio Formiliano e Lucas Hernández; Gonzalo Freitas (Maxi Rodriguez), Guzmán Pereira (Fabián Estoyanoff), Agustín Canobbio, Rodrigo Rojo (Cristian Rodríguez) e Darwin Nuñez; Gabriel Fernández. Técnico: Diego López.