Maracanã

Gramado do Maracanã está sendo alvo de críticas (Foto: Marcello Neves/LANCE!)

Bárbara Mendonça e Marcello Neves
10/09/2018
17:48
Rio de Janeiro (RJ) 

Alvo de críticas por parte de jogadores, treinadores e dirigentes, o gramado do Maracanã será o motivo do fechamento do estádio para reforma. A pedido de Greenleaf, responsável pelo cuidado da grama, o estádio será fechado entre os dias 13 de setembro e 9 de outubro. A bola rola pela última vez na partida entre Flamengo e Corinthians, na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil. 

Neste período, o maior prejudicado será o Fluminense. O Tricolor seria mando em três partidas oficiais: contra Grêmio e Paraná, pelo Campeonato Brasileiro, e contra o Deportivo Cuenca (EQU), pela Copa Sul-Americana. A informação foi divulgada inicialmente pelo 'O Globo' e confirmada pelo LANCE!. O clube está ciente do fechamento e corre atrás de novas opções - o estádio Nilton Santos é uma das opções.

Troca do gramado do Maracanã
Concessionária prevê nova troca do gramado em outubro (Foto: Divulgação)

O Flamengo também seria prejudicado na partida contra o Atlético-MG, mas o mando de campo está mantido devido ao rubro-negro já ter iniciado a venda de ingressos.

Nos últimos 36 dias, o Templo do Futebol recebeu exatas 13 partidas. A maratona de jogos acelerou o desgaste do gramado, que apresenta alta compactação, baixa densidade de folhas e desnivelamento. Além disso, a concessionária cita as temperaturas atuais como catalisadoras para a corrosão - o clima ameno impede o crescimento da grama de inverno, sobrecarregando a grama de verão.

O fechamento provisório do Maracanã tem como objetivo acelerar a recuperação da grama, mas há ainda uma nova troca de 1/3 do tapete prevista para o mês de outubro. Dentre as atividades que serão realizadas durante a interdição estão descompactação, aeração, topdresser, correção do micronivelamento e fertilização foliar do gramado.