Maracanã - Fluminense x Flamengo

Clubes se reuniram para tratar a continuidade do Campeonato Carioca (Foto: Reprodução/Twitter)

LANCE!
01/04/2020
20:14
Rio de Janeiro (RJ)

Por meio de uma videoconferência realizada na tarde desta quarta-feira, representantes do clubes que disputam a elite do Campeonato Carioca se reuniram e reforçaram o interesse na manutenção do Estadual, apesar da indefinição quanto a datas, causada pela pandemia do novo coronavírus. 

Houve ratificação em relação ao desejo de conhecer o vencedor deste ano no campo, descartando a hipótese de que a disputa seja encerrada antes das finais. Participaram da reunião, por vídeo-conferência, presidentes de Botafogo, Fluminense e Vasco. O Flamengo foi representado pelo diretor-executivo Bruno Spindel, e por Cacau Cotta, diretor de relações externas. Rubens Lopes, presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), e pessoas do sindicatos dos atletas e dos treinadores também estiveram na chamada.

A paralisação, a princípio, está mantida pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), com o congelamento das datas - ainda há incógnita se a competição será disputada concomitante ao Campeonato Brasileiro, por exemplo.

Anteriormente, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) havia assegurado a disponibilidade de datas. O Carioca foi paralisado antes da 4ª rodada da Taça Rio - cabe lembrar que o Flamengo saiu vencedor da Taça Guanabara.

Por enquanto a decisão é unânime, mas, no Vasco o presidente Alexandre Campello já admitiu publicamente que talvez não tenha condições de terminar o Carioca. O dirigente acredita que o limite seria começar em maio. Depois, disso, seria melhor priorizar o Brasileiro. De qualquer forma, os mandatários vão fazer uma nova rodada de discussão no próximo dia 10.

SUSPENSÃO DE COTA DA GLOBO

Presidentes de Botafogo, Fluminense e Vasco participaram da reunião, enquanto o Flamengo teve como principal representante Bruno Spindel, diretor de futebol do clube. Em pauta também esteve a suspensão do pagamento da última cota da Rede Globo, detentora dos direitos do Carioca.

O Flamengo não é afetado neste caso, já que não possui um acordo com a emissora, porém há união entre os clubes para que um documento assinado por todos seja enviado, com o intuito de a medida da Globo ser repensada. 

Nos mesmos moldes: há uma nova reunião prevista para a próxima semana.

​VEJA O QUE FOI ACORDADO DE FORMA UNÂNIME:

1) Só retornar com a competição após orientação e diretriz positiva dos órgãos de saúde;

2) Finalizar o Campeonato Carioca em campo, na forma do regulamento;

3) Manter entendimentos com a CBF para desenhar cenários do calendário e cobrar informativos, constantes e periódicos de suas posições e ações que estão sendo realizadas para minimizar os impactos da situação atual sobre o futebol e os caminhos futuros;

4) Encaminhar documento à TV Globo sobre sua decisão de suspender o pagamento da última quota, faltando menos de uma semana para quitar a obrigação, fato inédito em mais de 25 anos de simbiose.

5) Reavaliação e nova reunião dia 10 de abril.