Colômbia x Argentina

Foto: Conmebol

Futebol Latino
08/06/2021
22:19
Barranquilla

O último jogo das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 antes da Copa América acontece nesta terça-feira, 8. Dessa forma, a Argentina pressionou a Colômbia, mas sofreu o gol de empate no apagar das luzes, no Estádio Metropolitano, em Barranquilla. Com dois gols nos dez primeiros da partida, os argentinos não conseguiram sair do 2 a 2, somando apenas um ponto.

Depois da partida desta terça-feira, a Colômbia vira a chave e se foca no começo da Copa América. Assim, a estreia dos colombianos é diante o Equador, no domingo, 13, na Arena Pantanal. Enquanto isso, um dia depois, os argentinos entram em campo. Dessa forma, encaram a Seleção do Chile, no Estádio Nilton Santos.

COMEÇO MOVIMENTADO PARA A ARGENTINA
Mesmo fora de casa, foram os argentinos quem dominaram o início da partida. Logo aos 2, De Paul cobrou falta na área, e Romero subiu e cabeceou, abrindo o placar no Metropolitano. Os colombianos tentaram na sequência. Pela direita, Cuadrado jogou para o meio e bateu. A bola saiu pela linha de fundo.

Aos 6, Messi dominou na ponta direita e inverteu para Acuña. Livre, o lateral-esquerdo finalizou com a canhota. A bola desviou e passou perto do travessão de Ospina. O segundo gol da Argentina saiu aos 7, pelos pés de Paredes. O volante aproveitou sobra de bola da tabela entre Messi e Lo Celso. Assim, invadiu a área e deslocou o goleiro adversário.

JOGO TRUNCADO E POUCAS OPORTUNIDADES
Depois dos dois gols, a Argentina diminuiu o ritmo e começou a ficar mais fechada. Enquanto isso, a Colômbia buscou aproveitar os erros de passes dos argentinos, além de adiantar a marcação. No entanto, nenhum perigo foi criado pelos anfitriões.

Dessa forma, Lo Celso fez boa jogada, lançando Lautaro Martínez pela direita. O jogador chutou cruzado, mas Ospina fez boa jogada. No rebote, González bateu de primeira, na pequena área. Contudo, a bola passou perto da meta colombiana. Na sequência, Mina cometeu falta no goleiro argentino. Martínez chegou a receber atendimento médico, mas não conseguiu ficar em campo.

SUSTO DE MESSI
Aos 41, a Argentina voltou a trazer perigo para Ospina. Messi tabelou com De Paul e tocou para Lautaro Martínez na entrada da área. O argentino acabou sofrendo falta de Davinson Sánchez. Na cobrança, Messi mandou no canto esquerdo de Ospina, que saltou para defender. Para encerrar, aos 51, Zapata, na entrada da área, finalizou de perna direita, mas isolou.

VOLTANDO PARA A DISPUTA
A Colômbia voltou do intervalo com tudo, buscando a virada no placar. Nos momentos iniciais, Borja cabeceou pela linha de fundo, quase fazendo o primeiro dos colombianos. Na sequência, o árbitro marcou pênalti a favor dos anfitriões. Muriel foi para a marca da cal. O camisa 9 mandou de um lado, e o goleiro pulou para o outro, colocando a Colômbia de volta para a briga.

ARGENTINA NA LUTA PELO TERCEIRO
A Argentina voltou a pressionar, e Messi quase deixou o seu. Aos 12, o capitão da equipe visitante cobrou falta no ângulo, e o goleiro colombiano desviou. A bola ainda explodiu no travessão, saindo pela linha de fundo.

Pouco tempo depois, o camisa 10 da Argentina encontrou belo passe para Lautaro Martínez, que acabou finalizando desequilibrado. Ospina, novamente, fez boa defesa. A resposta veio na sequência, com Muriel mandando por cima do gol de Marchesín.

OSPINA, O SALVADOR
Ospina, claramente, salvou os colombianos em diversas oportunidades. Contudo, o goleiro fez milagre nos minutos finais. Aos 38, após tabela de Lautaro Martínez e Palacios, Messi chegou finalizando com a canhota. Mais uma vez o arqueiro colombiano caiu, fazendo uma ótima defesa.

EMPATE NO APAGAR DAS LUZES
No apagar das luzes, Cuadrado recebeu na ponta direita, cruzando na segunda trave. Borja subiu e finalizou de cabeça. Marchesín tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol do empate colombiano.

FICHA TÉCNICA​
Colômbia 2 x 2 Argentina
Estádio: Metropolitano, em Barranquilla
Data: 08 de junho de 2021, às 20h (de Brasília)
Árbitro: Roberto Tobar
Assistentes: Christian Schiemann e Claudio Ríos
Cartões amarelos: Mina, Medina, Tesillo, Zapata e Borja (Colômbia); Romero, Otamendi, Paredes e Pezzella (Argentina)
Cartões vermelhos:

GOL: Romero (2’/1ºT) (0-1), Paredes (8’/1º T) (0-2), (Muriel (6’/2ºT) (1-2) e Borja (48’/2ºT) (2-2)

COLÔMBIA (Reinaldo Rueda)
Ospina; Medina (Yairo Moreno, 28’/2ºT), Mina, Davinson Sánchez e Tesillo; Cuéllar (Barrios, 0’/2ºT), Lerma, Uribe, Cuadrado e Luis Díaz (Cardona, 0’/2ºT); Zapata (Borja, 0’/2ºT).

ARGENTINA (Lionel Scaloni)
Emiliano Martínez (Marchesín, 39’/1ºT); Montiel, Romero (Pezzella, 18’/2ºT), Otamendi e Acuña; Paredes, De Paul e Lo Celso (Palacios, 8’/2°T); Messi, Lautaro Martínez e Nicolás González (Foyth, 18’/2ºT).