Moise Kean - Cagliari x Juventus

Kean foi vítima de racismo (Foto: AFP)

LANCE!
05/04/2019
13:22
Turim (ITA)

Moise Kean já demonstrou que é uma das grandes promessas do futebol italiano, com gols e bom desempenho. Contra o Cagliari, na última terça-feira, porém, além de fazer o gol da vitória da Juventus, o jovem atacante de 19 anos foi vítima de racismo. Após a partida, o zagueiro e companheiro de Kean, Bonucci, disse que o atacante tinha "50% de culpa" de ter sofrido discriminação, por ter "provocado" a torcida adversária.

As duas atitudes (torcida e Bonucci) reascenderam um debate sobre a intolerância no futebol. Jogadores, treinadores e ex-atletas se posicionaram à favor de Kean e criticaram o zagueiro italiano. Empatia, veemência, críticas: as declarações são exemplos de uma reflexão sobre o racismo, não apenas no âmbito do futebol, quanto também para a sociedade de uma forma geral.

BIOUROU KEAN, O PAI

Moise Kean - Juventus
Kean foi protegido por seu pai (Foto: AFP)

O pai de Kean, Biourou Jean, também criticou a atitude dos torcedores, a quem definiu como ignorantes:

- O que aconteceu com meu filho é muito feio. Os meninos são todos iguais e cada um comemora do jeito que quiser. Essas pessoas são ignorantes. Não vi nenhum tipo de provocação por parte do meu filho, dentro de campo. Quando faz um gol, sempre vão para a torcida. O racismo não deve existir. Devemos crescer em termos de mentalidade e comportamento.

YAYA TOURÉ

Aos 34 anos, Yaya Touré continua emprestando seu talento ao Manchester City
Touré já declarou situações de racismo (Foto: Anthony Devlin / AFP)

Vítima de racismo em diversos momentos de sua carreira, o meia Yaya Touré também comentou o caso e criticou Bonucci.

- Para mim isso foi uma desgraça, não se pode fazer isso (comentário de Bonucci). É inacreditável um companheiro de equipe dizer: 'você não devia fazer isso'. Esse é o pior cenário que podemos ter no futebol. Seu companheiro de equipe atacando você, é incraditável. Não consigo imaginar como deve ter doído quando (Kean) viu isso

BALOTELLI

Balotelli primeiro treino no Marselha
Balotelli tem voz ativa na questão racial (Foto: Reprodução L!TV)

Negro e italiano como Kean, Mario Balotelli também prestou solidariedade ao atacante da Juventus e criticou Bonucci.

- Bravo! E diz ao Bonucci que ele teve sorte por eu não estar lá. Em vez de te defender, fez aquilo? Wow, estou honestamente chocado. Te amo, irmão.

THURAM

Thuram (Juventus)
Thuram fez uma análise mais profunda (Foto: Reprodução)

Talvez quem mais se aprofundou no caso tenha sido o campeão do mundo (1998), o ex-lateral Liliam Thuram, que fez uma análise macra da situação.

- A reação do Bonucci é tão violenta quanto os gritos de macaco. É igual quando uma jovem é estuprada, e as pessoas notam a maneira como ela estava vestida. O árbitro parou a partida? Alguma coisa foi feita? Estamos mergulhados na hipocrisia. Isso vem acontecendo há anos. Todo mundo diz que vamos parar o jogo na próxima, mas isso não acontece. A conclusão é de que as autoridades do futebol não ligam. Se isso realmente incomodasse eles, a partida seria parada, acredite em mim. O time teria deixado o campo, e nós teríamos encontrado uma solução

PATRICE EVRA

Evra - Olympique de Marselha x Montpellier
Evra é um dos ex-jogadores que se manifestaram (Foto: Anne-Christine Poujoulat / AFP)

O ex-lateral do Manchester United e Juventus também vítima de racismo quando era jogador, pediu mais amor no mundo e taxou a atitude dos torcedores como inaceitável.

- Isso não é aceitável no futebol ou em qualquer outro lugar do mundo. Muito bem, Kean, por se posicionar e mostrar quem é o chefe. O mundo seria um lugar melhor se todos nós compartilhássemos o amor acima de tudo

STERLING E BOATENG

Sterling critica Bonucci
Sterling ironizou Bonucci (Foto: Reprodução/Instagram)

Sterling e Boateng usaram o Instagram para se manifestar. O atacante inglês, também vítima de racismo, ironizou a declaração de Bonucci: "A culpa é 50-50? A única coisa que posso fazer agora é rir". O atacante do Barcelona, porém, usou emoticons para pedir silêncio ao zagueiro da Juventus.

CHIELLINI

Chiellini
Chillini falou que Kean é um "menino de ouro" (Foto: Reprodução)

O companheiro de Bonucci e Kean na Juventus também defendeu o atacante.

- Kean é um patrimônio do futebol italiano. É um menino de ouro que está fazendo o seu melhor e não deve aparecer por aquilo que não é. Eu revi as imagens e Moise não fez nada. Passando a rodada, deve-se pensar nele como fazem com Zaniolo, Chiesa, Barella.. como uma figura positiva do futebol italiano, porque merece.

ALLEGRI

Massimiliano Allegri
O treinador da Juve também protegeu o jogador (Foto: Reprodução)

O treinador da Juventus também condenou a atitude dos torcedores do Cagliari e pediu punição aos envolvidos

- Como é de costume, no estádio tem gente imbecil e gente normal. Os não civilizados devem ser identificados com as câmeras e suas entradas devem ser proibidas no estádio