Manchester United

Rashford e Mata comemoram a vitória (Foto: Reprodução)

LANCE!
08/12/2018
14:51
Manchester (ING)

O Manchester United jogou diante de sua torcida, neste sábado e, com uma grande exibição coletiva, venceu o Fulham, incontestavelmente, por 4 a 1. Ashley Young e Rashford marcaram dois golaços cada, enquanto Mata e Lukaku completaram o marcador. De pênalti, Kamara descontou, mas, com um a menos, o Fulham não conseguiu fazer mais nada.

Panorama inicial
Manchester United e Fulham não vivem a melhor de suas fases. Enquanto o United sofre com a irregularidade e um relacionamento não muito bom entre Mourinho e alguns jogadores, como Pogba, o Fulham luta para deixar a zona de rebaixamento. Dessa forma, a vitória seria importante para os dois clubes, mesmo vivendo momentos distintos na temporada.

Golaço de Young
Jogando diante de sua torcida, o Manchester começou a partida muito bem. Principalmente, Ashley Young. O inglês recebeu na ponta esquerda e enfrentou a zaga do Fulham. O atacante conseguiu um lindo drible, invadiu a área e com pouco ângulo chutou a bola no ângulo. Golaço para motivar, ainda mais, a equipe de José Mourinho. O gol encerrou um jejum de 39 jogos sem marcar de Ashley Young.

Momento ruim do Fulham
Nas quatro divisões do futebol inglês, apenas o Fulham é a equipe que sofreu gol em todas as partidas. Com isso, o gol marcado por Young não teve um efeito positivo para a equipe do treinador Claudio Ranieri. O primeiro chute dos Cottagers foi com 20 minutos do primeiro. Mitrovic deu uma linda caneta no marcador, mas bateu fraco e De Gea defendeu com tranquilidade.

Juan Mata amplia
Bem na partida e com a confiança lá em cima, o Manchester United jogava bem, trocando passes de forma rápida e aproveitando a qualidade dos seus jogadores. Em uma das boas jogadas, Young deu bonito passe para Rashford, que levantou a cabeça e encontrou Juan Mata. O espanhol chutou com extrema precisão e ampliou o marcador para a satisfação de Mourinho.

Lukaku dá início a goleada
O bom desempenho do United era importante, tendo em vista a irregularidade exibida do Manchester na temporada. Ainda contestado no comando da equipe, Mourinho parece ir acertando, aos poucos, a equipe e ajeitando o time titular. Ainda no primeiro tempo, em mais uma jogada bem trabalhada e coletiva, Lukaku recebeu passe de Mata, dentro da área e apenas empurrou para o fundo das redes. O Manchester resolvia, praticamente, a partida no primeiro tempo.

Gol de honra e expulsão
No segundo tempo, o Manchester jogou de forma mais tranquila, controlando a partida e o Fulham tentava diminuir o marcador. Kamara, de pênalti venceu De Gea e marcou o gol de honra dos Cottagers. O tento não serviu para impulsionar uma reação da equipe visitante, tendo em vista que, apenas um minuto depois, Anguissa recebeu o segundo amarelo e foi expulso de campo.

Golaço sacramenta vitória
Se já estava difícil virar com um a mais, com um a menos em campo, o Fulham ficou entregue na partida. O United, porém, aumentou a intensidade e passou a criar muitas chances, principalmente com Rashford. Próximo do fim, o atacante inglês pegou a bola no canto esquerdo, após marcação sob pressão no ataque e acertou um lindo chute, com pouco ângulo, para dar números finais a partida.