Real Madrid x Barcelona

Suposto pênalti não marcado foi motivo de polêmica no final (Foto: JAVIER SORIANO / AFP)

LANCE!
10/04/2021
18:42
Madrid (ESP)

Neste sábado, Real Madrid e Barcelona disputaram o 'El Clasico' no Estádio Alfredo di Stéfano, em Madrid. Após vitória merengue por 2 a 1, o treinador da equipe catalã, Ronald Koeman, discutiu uma polêmica sobre um suposto pênalti não marcado no final do jogo.

Veja a tabela do Espanhol

- Se você é Barcelona, ​​está muito infeliz com duas decisões do árbitro. Em primeiro lugar, quero dizer que não estivemos bem no primeiro tempo. Nem defendendo nem atacando. No segundo tempo melhoramos. Só peço que a arbitragem acerte. É pênalti, e acho que a prorrogação de quatro minutos, quando o árbitro parou o jogo por dois ou três minutos no ombro. O pênalti é muito claro. Assim tivemos que aceitar e calar a boca - disse Koeman.

Em sequência, o treinador holandês ainda fez mais críticas à arbitragem e ao VAR no futebol espanhol.

- Não sei por que existe VAR na Espanha. Todo mundo viu a jogada. Para mim o pênalti é muito claro. Todo mundo viu. Não entendo um atacante que está a dez metros de distância. Do jeito que Martin cai, tem que ser uma falta. O árbitro pode não ver a jogada, mas temos um VAR para situações como esta. Melhor não dizer mais nada. A equipe tem estado mentalmente boa. Merecemos uma boa decisão na situação de pênaltis - falou o treinador.

Indignado com a situação no final da partida deste sábado, Ronald Koeman falou que o sentimento é mútuo entre o elenco.

- Não sou o único que é assim. Os jogadores também estão tristes com a decisão do árbitro sobre esta questão da grande penalidade. Existem vários jogadores que estão no Barça há muitos anos e não sei se sentem isso é algo que volta a acontecer - concluiu o holandês.

O Real Madrid enfrenta, nesta quarta-feira, o Liverpool, às 16h (de Brasília) pela volta das quartas de final da Champions League. O Barcelona, por sua vez, entra em campo contra o Athletic Bilbao no próximo sábado, às 16:30h (de Brasília), pela final da Copa do Rei.