Apresentação MUNDIAL DE CLUBES: Kashima Antlers x Real Madrid

Jogo entre Kashima Antlers e Real Madrid será em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes 

LANCE!
18/12/2018
17:23
Abu Dhabi (EAU)

O Real Madrid fará sua estreia no Mundial de Clubes nesta quarta-feira, quando enfrenta o Kashima Antlers na semifinal da competição, em Abu Dhabi, nos Emiradores Árabes, às 14h30 (de Brasília). O jogo pode ser a revanche para os japoneses, que viram os Merengues faturarem o título em 2016 após passarem pela prorrogação.

O Kashima vem de vitória por 3 a 2 sobre o Chivas Guadalajara, do México, nas quartas de final do Mundial. O vencedor da semifinal vai enfrentar o Al Ain, que eliminou o River Plate nesta terça-feira nos pênaltis, após empate em 2 a 2 no tempo normal e na prorrogação. A decisão será no próximo sábado, às 14h30 (de Brasília).

Novamente, o Real Madrid chega como favorito diante do Kashima. Mas o exemplo da final de 2016 está na mente dos jogadores galácticos. Dos 11 titulares daquele confronto, apenas Cristiano Ronaldo - autor de três gols no 4 a 2 - não está mais na equipe. Além do treinador, uma vez que Zinedine Zidane deixou a equipe no fim da última temporada.

- Kashima tem mais experiência do que há dois anos. Era convidado e agora chega como campeão. Equipe rápida e dinâmica, com um futebol direto. Rival digno, será uma grande partida - declarou Santiago Solari, atual técnico do Real Madrid:

- O título de menor é muito europeu. Vieram a esta competição os campeões da Europa, América do Sul e Central, e é muito complicado chegar até aqui. Respeito ao máximo a todos os adversários. Quando tinha 13 anos, fugia da escola para ver estas partidas quando era o torneio intercontinental. Assistia ao Milan, São Paulo.. Agora o formato é mais democrático e mais complicado. Não vou subestimar nenhum rival.

O Real pode ter alguns problemas para a partida. Bale foi desfalque no último fim de semana após torção no tornozelo. Asensio também saiu lesionado e virou dúvida.

KASHIMA COM RESPEITO TOTAL AO REAL

O técnico do Kashima Antlets, Go Oiwa, pregou respeito total ao tricampeão europeu. Para o comandante japonês, Cristiano Ronaldo faz falta, mas o Real Madrid é forte sem o português.

- Como digo sempre: o Real é o Real. Não sei se estamos mais perto, mas desta vez daremos o melhor para chegar à final. Só pensamos nisso. Com ou sem Cristiano Ronaldo, o Real é muito forte, há outros jogadores que podem marcar e também temos que vigiar. Necessitamos de uma defesa muito sólida. Não posso medir o que significa a perda de Cristiano para eles.

Serginho - Kashima Antlers x Esperance Tunis
Serginho é um dos destaques (Foto: Giuseppe Cacace / AFP)

Em 2016, o Kashima disputou o Mundial por ter sido campeão no Japão, que foi o país sede da competição. Agora, chega credenciado por ter faturado a Liga dos Campeões da Ásia, o que já muda o patamar do clube, segundo Go Oiwa.

- Desta vez estamos aqui como campeões da Ásia e isso nos dá mais confiança e maior responsabilidade. Estou certa que essa confiança está aí. Há alguns jogadores que não poderão estar em campo por conta de lesão, mas quem entrar fará o mesmo papel.

Um dos destaques do Kashima é o brasileiro Serginho, que foi indicação de Zico - que assumiu a direção esportiva do clube em agosto. O jogador fez um dos gols da vitória sobre o Chivas Guadalajara, no último sábado.