Reunião FIFA - Infantino

Gianni Infantino busca não se estressar mais com questão da Superliga (Foto: RHONA WISE / AFP)

LANCE!
21/01/2021
08:36
Zurique (SUI)

A Fifa publicou um comunicado oficial nesta quinta-feira que ameaçava jogadores e clubes que jogassem em uma eventual Superliga Europeia. Com o apoio de todas as confederações continentais, a entidade máxima do futebol garantiu que nenhum jogador de uma Superliga poderá jogar em competições organizadas pela FIFA ou outras organizações.

Veja a tabela do Inglês

Em uma verdadeira declaração de guerra, a Fifa partiu para o ataque contra uma possível criação de uma Superliga Europeia, um sonho de grande clubes europeus, que buscam cada vez mais dinheiro. Tal competição acabaria com a Champions League e diminuiria muito o interesse nos campeonatos e copas nacionais.

- De acordo com os estatutos da Fifa e das confederações, todas as competições devem ser organizadas ou reconhecidas pelo órgão competente em seu respectivo nível, pela Fifa em nível global e pelas confederações em nível continental. Nesse sentido, as confederações reconhecem a Copa do Mundo de Clubes da Fifa, em seu formato atual e novo, como a única competição mundial de clubes, enquanto a Fifa reconhece as competições de clubes organizadas pelas confederações como as únicas competições continentais de clubes - diz parte do comunicado.

Sem uma união legalmente formada e com a falta de uma organização entre os clubes que participariam de uma Superliga, a carta não tem um alvo específico, e também não espera-se resposta. Com o comunicado, a Fifa espera não ter mais dores de cabeça com o assunto.