Yarmolenko e Arnautovic

(Foto: Reprodução)

LANCE!
16/09/2018
13:55
Liverpool (ING)

O West Ham precisava da vitória para deixar a lanterna e sair da zona de rebaixamento da Premier League. Fora de casa, contra o Everton, os Hammers conseguiram seu primeiro triunfo na competição. Em jogo movimentado, Yarmolenko (2) e Arnautovic garantiram a vitória. Sem Richarlison, Everton não consegue aproveitar chances, enquanto o rival foi cirúrgico e perde a primeira no campeonato. Bernard entra bem no segundo tempo e faz bom jogo.

Balbuena, líder da defesa
Sem Richarlison em campo, coube a Tosun conduzir o ataque do Everton. O experiente Theo Walcott e o islandês Sigurdsson faziam o meio campo, enquanto o lateral Digne também participava do setor ofensivo. O West Ham, jogando fora de casa, demonstrou instabilidade defensiva, sob a liderança do ex-zagueiro do Corinthians, Fabian Balbuena.

Ucraniano faz o primeiro
O jogo foi movimentado desde o início. Uma partida franca, com boa movimentação de ambas as equipes. O Everton começou propondo o jogo, principalmente com Digne e Sigurdsson, mas foi o visitante que abriu o placar. Arnautovic recebeu belo lançamento, entrou na área e, ao invés de chutar, serviu Yarmolenko, que só teve o trabalho para empurrar para as redes.

Golaço do West Ham
O Everton passou a correr atrás do empate, mas não conseguiu se impor na partida. Faltou criatividade para conseguir o gol ainda no tempo regulamentar. Porém, continuou criando boas chances de gol. O West Ham, por sua vez, estava cirúrgico. Yarmolenko fez o seu segundo gol na partida. Um golaço. O ucraniano pegou a bola na direita, conduziu para o meio, driblou o zagueiro e bateu colocado, com força e efeito, sem chances para o goleiro Pickford.

Everton x West Ham
Torcida do West Ham comemora (Foto: Reprodução)

O gol da esperança
O Everton precisava do resultado e, com calma, tentava diminuir a partida. O primeiro gol saiu apenas no segundo minuto de acréscimo do segundo tempo. O lateral-esquerdo Jonjoe Kenny recebeu a bola na direita e efetuou um belo cruzamento. Mais bonito que o cruzamento foi a cabeçada de Sigurdsson, que com precisão, colocou no canto superior direito para diminuir. O gol deu esperança para a equipe no segundo tempo.

Bernard, alegria nas pernas
Precisando do resultado, o treinador português Marco Silva resolveu sacar Bernard do banco. O brasileiro mudou a história do jogo. Com velocidade e indo para cima dos adversários, Bernard infernizou a defesa do West Ham. Incisivo e criando boas jogadas pela esquerda, o jogador melhorou a equipe do Everton, nos primeiros vinte minutos do segundo tempo. O gol de empate, porém, custava em sair.

O balde de água fria
Com o Everton melhor em campo, veio o balde de água fria. Arnautovic estava bem na partida. O West Ham saiu com velocidade, trocando passes, até a bola chegar no austríaco. Arnautovic tabelou com Obiang, recebeu dentro da area e bateu na saída do goleiro. O Everton não conseguiu diminuir e saiu de campo derrotado em casa.

Wolverhampton vence
No outro jogo de domingo, o Wolverhampton venceu o Burnley, jogando em casa, com gol de Jimenez. A equipe do treinador português Nuno Espírito Santo sobe duas posições na tabela e estaciona na nona colocação.