Rogério - Sassuolo

Na votação, Rogério teve 53% da preferência dos torcedores do Neroverdi e desbancou o companheiro de equipe Federico Peluso (Divulgação)

LANCE!
22/08/2020
15:16
Sassuolo (ITA)

O lateral-esquerdo Rogério está oficialmente eternizado no Sassuolo, da Itália. No ano de seu centenário, o clube italiano está promovendo uma enquete popular em suas redes sociais para formar a seleção dos onze maiores jogadores de sua história. Na lateral esquerda, o escolhido como melhor da posição foi o brasileiro de 22 anos.

Na votação, o camisa seis teve 53% da preferência dos torcedores do Neroverdi e desbancou o companheiro de equipe Federico Peluso, que acumula 181 jogos na equipe. A escolha premia o desempenho de Rogério durante a passagem pela equipe italiana.

Referência por seus cruzamentos, o camisa seis se destacou com gols e assistências, além de somar índices de scout que chamaram atenção no campeonato nacional deste ano. Em 15 partidas disputadas (titular absoluto em 12 delas), o brasileiro somou um gol e uma assistência, com média de 88% de passes certos por partida, 48% de acertos em bolas longas, 1,3 desarmes por jogo, 2 cortes/jogo e 63% de dribles completados.

- Me sinto muito honrado em ser o eleito o melhor lateral-esquerdo da história do clube e escolhido pelo nosso torcedor. O sentimento é de gratidão, só tenho a agradecer pela oportunidade de vestir essa camisa e mostrar meu futebol. Fizemos uma boa temporada e eu apesar de ter jogado menos jogos, pude ajudar com gol e assistência. Eu não poderia estar mais feliz por escrever meu nome na história do clube. Obrigado - agradeceu Rogério.

Nas últimas semanas, o nome do jogador foi sondado pelo Vasco, atual líder do Campeonato Brasileiro, porém o jogador recusou a proposta, já que vem sendo utilizado com frequência como titular e tem tido bastante destaque no clube italiano.

A história de Rogério com a camisa verde e preta começou na temporada 2017/2018. Contratado junto a Juventus, o brasileiro estreou pelo Sassuolo em partida contra o Milan, pela Serie A Tim, quando entrou na segunda etapa do jogo. Desde então, o lateral-esquerdo disputou um total de 66 jogos com a camisa 6 do Sassuolo, acumulando 22 vitórias, 22 empates e 22 derrotas.