Camp Nou

Camp Nou faz parte da identidade e cultura da Catalunha (Foto: Reprodução)

Igor Galletti*
30/04/2019
17:00
Barcelona (ESP)

Nesta terça-feira, o treinador do Liverpool, Jurgen Klopp, declarou que o Camp Nou é um campo grande, mas não é um templo do futebol. A frase do técnico é polêmica, ainda mais porque os Reds enfrentam o Barcelona, nesta quarta-feira, pelas semifinais da Liga dos Campeões.

Com muita história, o Camp Nou foi palco de grandes jogadores, como Messi, Maradona, Cruyff, Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo e Romário. Tem uma forta ligação com a identidade catalã, principalmente no período ditatorial da Espanha e já sediou jogos da Copa do Mundo e finais da Champions.

RESISTÊNCIA

Camp Nou vazio - Barcelona x Las Palmas
Camp Nou é identificado com a identidade catalã (Foto: Camp Nou AFP)

A cidade de Barcelona é conhecida por sua vibrante arquitetura. O Camp Nou também um fator de identificação com a cidade catalã. No período da Guerra Civil Espanhola e, posteriormente, na Ditadura de Franco, que sangrou o país, o Camp Nou era uma espécie de refúgio para os catalães, conservando a identidade e cultura do povo, perseguidos nos dois períodos.

PALCO DE COPA

O carrasco do futebol brasileiro. Assim ficou conhecido Paolo Rossi, que marcou os três gols no triunfo de 3 a 2 da Itália sobre a Seleção Brasileira, que então encantava o mundo na Copa de 1982
O Camp Nou foi palco da Copa de 82 e da histórica derrota da Seleção Brasileira (Foto: Staff / AFP)

O Camp Nou foi um dos principais estádios da Copa do Mundo de 1986, realizada na Espanha. O estádio recebeu oito jogos da competição, que incluiu a semifinal entre Polônia e Itália, vencida pelos italianos por 2 a 0 e a histórica derrota da Seleção Brasileira, para a Itália, por 3 a 2, com três gols de Paolo Rossi.

PALCO DE CHAMPIONS

Manchester United x Bayern de Munique 1999
O histórico título do United, na Champions, foi no Camp Nou (Foto: Eric Cavbanis / AFP)

Além disso, o Camp Nou já recebeu duas finais de Liga dos Campeões. A primeira na edição de 1988/89, entre Steaua Bucareste e Milan. Os italianos venceram por 4 a 0. Depois, em 1998/99, entre Manchester United e Bayern de Munique. Uma final histórica, em que o United fez dois gols nos acréscimos e ficou com o título.

ÍDOLOS ANTIGOS

Maradona - Barcelona
Maradona é um dos craques do Camp Nou (Foto: Reprodução)

Camp Nou foi palco de grandes jogos e finais, mas também foi um campo em que lendas da história do futebol frequentaram (e muito). Johan Cruyff, um dos maiores de todos os tempos, jogou cinco anos (1973 a 78) no Barcelona, assim como Diego Maradona (1982 a 84).

BRASILEIROS

Montagem - Romário, Ronaldo fenômeno, Rivaldo e Ronaldinho gaúcho com a camisa do barcelona.
Romário, Ronaldo fenômeno, Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho desfilaram talento no estádio

No século 21, o futebol brasileiro foi muito bem representado no Camp Nou. Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Romário, Rivaldo e Neymar, protagonistas do futebol do país em suas respectivas épocas, também desfilaram seu futebol nos gramados do estádio.

PRIMEIRAS GLÓRIAS

Camp Nou - Barcelona x Chelsea
Camp Nou surge por conta do aumento da torcida do Barça (Foto: Divulgação)

O estádio foi construído em 1957, com capacidade para 90 mil pessoas. O fato de ser tão grande era para receber a torcida do Barcelona que, na época, tinha aumentado significativamente de tamanho. A era de ouro da década de 30, com títulos da Copa da Espanha e do Espanhol. O estádio já foi construído em decorrência da torcida e dos títulos.

MESSI

Lionel Messi - Barcelona
Messi já fez 240 gols no Camp Nou no Espanhol (Foto: Alex Caparros/Getty)

Messi é considerado um dos maiores de todos os tempos. Ainda em atividade, a relação do argentino com o estádio é muito estreita. O argentino foi o autor do gol 4 mil do estádio, em 2018. No Campeonato Espanhol, Messi trouxe dez títulos para o estádio. No Camp Nou foram 225 jogos do Espanhol, com 240 gols marcados.

TREME TUDO

Torcida do Barcelona canta hino à capela antes de clássico
Foi comprovado que a cidade de Barcelona treme com um gol no estádio (Foto: Reprodução/ Dugout)

Cientistas do Instituto de Ciência da Terra Jaume Aumera, da Catalunha, em 2018, instalaram sismômetro (aparelho que mede vibrações) perto do estádio e comprovaram que quando sai um gol do Barcelona no Camp Nou a terra da cidade treme.

*sob a supervisão de Aigor Ojêda