Paolo Guerrero - Peru

Guerrero participou do treino deste sábado (Foto: Divulgação / FPF)

Lazlo Dalfovo
06/07/2019
13:46
Rio de Janeiro (RJ)

O último treino da seleção peruana antes da final da Copa América ocorreu no fim da manhã deste sábado, no Estádio Nilton Santos, do Botafogo. O local foi distinto em relação ao de sexta-feira por conta de contratempos com a imprensa no CT do Fluminense.

Os jornalistas só tiveram acesso aos primeiros 15 minutos - o aquecimento - da atividade no campo principal do Niltão. Foi o suficiente para ver que Edison Flores, antes dúvida por conta de dores no tornozelo sentidas diante do Chile, na semifinal, treinou sem limitações. 

Portanto, Flores, que já marcou dois gols nesta Copa América, vai entrar em campo contra o Brasil, na decisão deste domingo, no Maracanã, a partir das 17h (de Brasília). O técnico Ricardo Gareca, aliás, deve repetir a escalação do time que bateu os chilenos - e Farfán, já cortado, é o único desfalque. 

GENTILEZA DO BOTAFOGO

O Botafogo também treinou nesta manhã no Nilton Santos, só que no campo anexo do estádio. Em seguida, Eduardo Barroca foi até a atividade da Blanquirroja prestar uma homenagem aos finalistas.


Foi entregue um uniforme alvinegro com o número 8 e o nome de Didi nas costas. O ex-meia, já falecido, foi bicampeão mundial pela Seleção Brasileira e foi responsável por revolucionar o futebol peruano (entenda aqui).

Além disso, o Botafogo entregou uma carta de boas-vindas aos peruanos.

Assista a um vídeo compartilhado pela Botafogo TV: