Antonio Cassano - Parma

Parma foi um dos times da carreira de Cassano (Foto: AFP)

LANCE!
13/10/2018
16:24
Roma (ITA)

Antonio Cassano é um dos personagens mais controversos do futebol. Menos de uma semana antes de divulgar o seu retorno aos campos, o atacante anunciou a sua aposentadoria. Isso porque ele havia acertado com o Modesto Virtus Entella, da Itália.

De acordo com o jornal "La Gazzetta dello Sport", Cassano declarou, por meio de uma carta, que tem outras prioridades e não tem cabeça para treinar como profissional.

No entanto, não é a primeira vez que Cassano deixa a aposentadoria, divulga o seu retorno ao futebol e volta atrás em sua decisão.

Em julho de 2017, ele anunciou a sua retirada do esporte, mas sua esposa publicou um texto afirmando que ele não havia parado. Contudo, horas depois, Cassano emitiu um novo comunicado confirmando sua aposentadoria.

O último clube de Cassano foi a Sampdoria, em 2017. O ex-jogador começou a carreira no Bari, mas ganhou notoriedade na Roma antes de se mudar para Madri para jogar no Real. Contudo, sua passagem pela Espanha não foi de tanto sucesso e ele retornou à Itália, onde jogou por Sampdoria, Milan, Inter de Milão e Parma.

Cassano conquistou apenas um título do Campeonato Italiano. Em 2010/11, ajudou o Milan a faturar o Scudetto. Na ocasião, ele era companheiro dos brasileiros Thiago Silva, Robinho, Ronaldinho Gaúcho e Alexandre Pato.

Ele disputou ainda três Eurocopas pela Azzurra e a Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil. No total, foram 39 jogos e dez gols anotados.