ANÁLISE: Espanha faz estreia dos sonhos e mostra que pode surpreender pelo título da Eurocopa

Equipe de Luis de La Fuente superou a Croácia por 3 a 0, com gols de Morata, Fabián Ruiz e Carvajal

000_34WW7DT-scaled-aspect-ratio-512-320
Carvajal celebra com Morata um dos gols da vitória da Espanha na Eurocopa (Foto: JOHN MACDOUGALL / AFP)

Escrito por Lucas Borges, supervisionado por

Em estreia iluminada na Eurocopa de 2024, a Espanha bateu a Croácia por 3 a 0 em Berlim (ALE), e deu novos indícios de estar construindo uma geração subestimada. Apesar da decepção na Copa do Mundo de 2022, o novo ciclo parece ter trazido o rejuvenescimento necessário para uma retomada aos caminhos da vitória.

➡️ Tudo sobre os maiores times e as grandes estrelas do futebol no mundo afora agora no WhatsApp. Siga o nosso canal Lance! Futebol Internacional

Campeã de duas Euros e um Mundial entre 2008 e 2012, a Fúria parecia estar ainda buscando refazer a receita de uma geração altamente estrelada que teve. Porém, sem o mesmo brilho, encaixou sequências de atuações ruins nas grandes competições, e acabou sucumbindo a equipes mais fortalecidas no continente e no mundo.

Porém, desde a chegada de Luis de la Fuente, os resultados melhoraram. O título da Nations League de 2023 parece ter entregue de volta à equipe a confiança necessária para as grandes competições. E no sábado (15), o show diante da Croácia foi uma nova prova de onde a geração pode chegar.

Apesar de ter atletas mais experientes, como Morata, Fabián Ruiz e Carvajal - os três autores dos gols -, os mais jovens, como Lamine Yamal e Nico Williams, também tiveram a oportunidade de mostrar seu futebol, e, coletivamente, influenciar no resultado. Com Rodri ditando o ritmo no meio de campo, o time se encaixou do começo ao fim da partida, e nem mesmo a mancha do polêmico cartão vermelho não dado ao volante do Manchester City apagou o domínio visto na Alemanha.

Pode-se inferir que o desafio mais complicado do grupo foi derrubado com uma demonstração de alta capacidade. Agora, resta a Albânia de Sylvinho, que mesmo empolgante pela história do brasileiro, é fragilizada tecnicamente e joga por uma bola; e a Itália, que apesar de chegar como defensora do título, tem apenas oito remanescentes da taça de 2021, e não empolgou no ciclo nem na estreia.

A qualidade de nomes da geração de Xavi e Iniesta pode não ser a mesma. Mas a mescla feita por De La Fuente entre atletas mais cascudos e do mais alto nível com jovens promissores vem entregando bons resultados. A estreia empolga o torcedor da Fúria, e as credenciais estão aí. Enquanto muito se fala de França, Inglaterra e até Portugal, a Espanha come pelas beiradas, e pode dar trabalho na Euro.

Football: UEFA Euro 2024 – 1st round day 1: Group B Spain v Croatia
Luis de la Fuente conversa com Morata em jogo da Espanha na Eurocopa (Foto: GABRIEL BOUYS / AFP)

circulo com pontos dentroTudo sobre

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter