new orleans saints matt ryan atlanta falcons

Defesa de New Orleans não deu sossego a Matt Ryan (Michael C. Hebert/New Orleans Saints)

LANCE!
22/11/2020
17:43
Nova Orleans (EUA)

New Orleans Saints recebeu o Atlanta Falcons neste domingo (22) e fez um verdadeiro estrago, mesmo depois de perder Drew Brees, que fraturou onze costelas no fim de semana passado. Pelo placar de 24-9, Sean Payton e companhia chegaram à sétima vitória consecutiva, e seguem confiando em Taysom Hill para comandar o ataque em campo. A grande estrela de New Orleans, porém, foi a defesa, que não deu paz a Matt Ryan durante o jogo inteiro. O quarterback de Atlanta sofreu oito sacks e duas interceptações na derrota de hoje. Hill, por sua vez, sofreu um fumble no último quarto, mas compensou com 51 jardas e 2 TDs terrestres, além de 233 jardas de passe.

A partida começou com um drive de Atlanta que resultou em um field goal de Younghue Koo, contando com uma excelente recepção de 46 jardas de Calvin Ridley para estender a posse de bola. Após uma troca de three and outs causados por sacks na terceira descida, os Saints chegaram a bater na porta da endzone. Com grande trabalho da defesa dos Falcons contendo Taysom Hill e Alvin Kamara, um chute de Wil Lutz empatou a partida em 3-3.
O segundo quarto também começou com um chute de Koo para colocar Atlanta de volta à frente, e New Orleans correu atrás para se colocar em posição para empatar em um chute de 53 jardas, mas Lutz acertou a trave nesta tentativa, mantendo o placar em 6-3 para o time visitante. Os Falcons recuperaram a bola com posição razoável de campo, mas só conseguiram mais três pontos, novamente em um chute preciso de Koo, o kicker coreano da franquia da Geórgia. Seis pontos atrás no placar, os Saints conseguiram conduzir uma campanha de 80 jardas que resultou em um TD de Kamara, e o XP de Lutz virou a partida em 10-9 antes do intervalo.
O terceiro quarto começou à mesma moda que o fim do segundo: campanha de 80 jardas, touchdown terrestre. Desta vez, foi o próprio Taysom Hill que se jogou dentro da endzone, numa quarta descida, e ampliou a vantagem de New Orleans para 17-9. Ambos os times trocaram punts, enquanto Matt Ryan continuou sendo punido pelo pass rush dos Saints, e Emmanuel Sanders teve um touchdown anulado por um holding na linha ofensiva.
O último quarto, por sua vez, também começou tal qual o terceiro: touchdown terrestre de Taysom Hill, extra point convertido, e New Orleans na frente por 24-9. Matt Ryan sofreu mais um sack em uma terceira descida e os Falcons deram seu quinto punt na partida. No drive seguinte, quando parecia que Hill conseguiria chegar na redzone, ele sofreu um fumble ao fim de uma longa corrida. Com a posse de bola e se recuperando de mais um sack, Ryan levou o ataque de Atlanta ao meio campo, até ser interceptado pelo CB Janoris Jenkins. Os Saints gastaram quase todo o cronômetro até devolver a bola em um punt. Matt Ryan até tentou alguma coisa no finalzinho, mas os números finais foram 24-9 para o time da casa.

Com a vitória, os Saints (8-2) se isolam na ponta da NFC Sul e se mantêm na briga pelo Seed #1 da Conferência Nacional. Agora o time da Louisiana viaja a Denver para enfrentar os Broncos no próximo domingo. Os Falcons (2-8), com a derrota, parecem manter-se na disputa pelas escolhas mais altas no draft do ano que vem. Na semana 12, em casa, enfrentam o Las Vegas Raiders, em busca de um fim de temporada digno de alguma honra.