Felipão x Romário - Brasil (antes 2002)

Depois daquela partida, Romário nunca mais foi chamado por Felipão (Julio Cesar Guimarães/Lancepress!)

LANCE!
15/08/2021
11:17
Rio de Janeiro (RJ)

Pentacampeão do mundo com a Seleção Brasileira, Vampeta apontou um suposto motivo pela não convocação de Romário para aquela Copa de 2002. Segundo o ex-jogador, Felipão teria decidido cortar Romário após o baixinho transar com uma aeromoça na concentração, durante as eliminatórias.

+ Veja a tabela do Brasileirão!

- Dizem as más línguas que ele 'comeu' a aeromoça. Dizem que a aeromoça deu mole antes do jogo contra o Uruguai, e o Baixinho 'podpah' no hotel. (...) O Felipão ficou sabendo. Os seguranças falaram que o Romário fugiu e tava no quarto com a aeromoça. Eu não estava nesse jogo - disse Vampeta, em participação ao lado de Edílson no podcast 'PodPah'.

- E dentro de campo não teve podpah. O Baixinho não pegou na bola - concluiu ele, dizendo que Romário não marcou na derrota da Seleção para o Uruguai por 1 a 0, antes desse episódio com a comissária de bordo.

- O Felipão chamou o Emerson, Cafu, Roberto Carlos e o Rivaldo e falou 'vou esperar o Ronaldo recuperar, não chamo mais o Baixinho e conto com vocês' - concluiu Vampeta.

Em 2010, Romário já tinha comentado o assunto é apontado como o motivo pela não convocação dele naquela Copa em que o Brasil terminou campeão. Em entrevista ao jornal 'O Globo', o tetracampeão com a Seleção desmentiu essa versão.

- O Felipão acreditou nisso, mas não teve. Se fiquei de fora da Copa por causa disso, perdi duas vezes. Não fui à Copa e não comi a aeromoça, que era a maior gostosa - disparou o Baixinho.

Verdade ou não, aquele jogo do Uruguai, em 2001, foi a última convocação de Romário para a Seleção, tirando o jogo de despedida contra a Guatemala, em 2005. O Brasil sofreu para conseguir a vaga na Copa, que só aconteceu no último jogo contra a Venezuela.