Parreira

Parreira foi tetracampeão no comando da Seleção Brasileira em 1994 (VANDERLEI ALMEIDA / AFP)

LANCE!
30/04/2020
17:50
São Paulo (SP)

Tetracampeão no comando da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira defendeu a manutenção do criticado Tite no posto de treinador da Amarelinha. Não só isso, mas ele ainda aproveitou para dispensar os serviços de um dos treinadores mais badalados dos últimos tempos.

Em entrevista ao 'Jogo Aberto' nesta quinta-feira, Parreira afirmou que a Seleção não precisa dos serviços de Jorge Jesus, treinador do Flamengo.

- Eu acho que não falta qualidade, só que a gente não precisa que ele treine a Seleção Brasileira. Qualidade é sempre bem-vinda, ele fez um trabalho maravilhoso no Flamengo. Acho que a seleção está muito bem com o Tite. Isso nunca passou pela minha cabeça, ter um técnico estrangeiro dirigindo a Seleção Brasileira. Um dia, talvez, ocorra, mas não acho que agora é o momento - afirmou.

Parreira também comentou sobre o trabalho de Tite na seleção. Segundo ele, se fosse o presidente da CBF, o comandante seria mantido no cargo.

- Se eu fosse o presidente da CBF, eu manteria o Tite. Eu nunca vi um treinador chegar tão prestigiado na Seleção Brasileira como o Tite chegou. Era unanimidade. Não ter vencido a Copa da Rússia, foi eliminado pela Bélgica... No segundo tempo, o Brasil fez um gol, tivemos chances de mudar o resultado do jogo, mas fica o resultado. Fomos eliminados nas quartas mais uma vez, e você sabe que o resultado, aqui no Brasil, fala muito alto. (...) Eu acho que ag ente tem que acreditar ainda no trabalho dele. Eu daria um crédito, não pensaria em mudar - completou.