Gabigol e Rogério Ceni - Flamengo x Corinthians

Gabigol e Rogério Ceni se abraçaram durante a vitória do Flamengo contra o Timão (Alexandre Vidal / Flamengo)

LANCE!
15/02/2021
13:05
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo segue na cola do líder Internacional e, com um pontos a menos na vice-liderança, o Rubro-Negro precisará se unir, de acordo com o a opinião do ex-jogador Denilson. O comentarista da Band exaltou o abraço que o atacante Gabigol deu no treinador do Flamengo Rogério Ceni durante o jogo: "Não é momento de fazer biquinho".

+ Veja a tabela de classificação do Brasileirão

Denílson durante o 'Jogo Aberto'
Denilson é comentarista esportivo na Band (Reprodução/Band)

Flamengo x Inter é um duelo bem difícil, complicado. São dois times jogando um ótimo futebol, em dois grandes momentos. Há pouco tempo, o Rogério Ceni estava sendo muito criticado, tinha a questão do relacionamento dele com o Gabigol - disse ele no programa "Jogo Aberto", nesta segunda-feira.

A cena aconteceu durante o primeiro gol do Mengão na vitória por 2 a 1 contra o Corinthians, neste domingo, no Maracanã. O duelo pelo título do Brasileiro entre Fla e Inter segue agitando o topo da tabela. Os dois clubes se enfrentam na próxima rodada, dia 21 de fevereiro, no Maraca, em disputa direta pelo prêmio e pela primeira colocação, pela 37ª rodada.

- Ontem, com a comemoração dos dois juntos, parece que o Gabigol, pelo menos, pôs panos quentes nessa situação. Agora não é o momento de fazer biquinho, mesmo. Agora é decisão.

Denilson relembrou algumas situações onde Gabigol teria feito "biquinho" ao ser substituído por Ceni. No entanto, neste fim de semana, a dupla teria se entendido bem, na visão do ex-São Paulo e Palmeiras.