Montagem - Neymar e Najila

Najila deu novas declarações sobre o episódio em Paris. Ela acusa Neymar de estupro (Foto: Divulgação/Instagram)

LANCE!
27/07/2019
18:32
São Paulo

O caso Neymar e Najila segue repercutindo. Em entrevista ao 'UOL', a modelo que, acusou o atacante do Paris Saint-Germain de estupro, contou que foi traída por muitas pessoas, acredita que o machismo interferiu em como estão avaliando o caso e afirmou que vai até o fim com a acusação. Najila Trindade revelou também como está sendo sua rotina depois da acusação, que inclui reclusão e tratamento psicológico.

- Tem como não ficar (abalada)? Eu fui conhecer alguém que queria chegar perto e isto acabou em tragédia, expectativas totalmente frustradas. Depois, fui enganada por pessoas que só quiseram se aproveitar da minha situação deplorável. Na sequência, fui exposta para o mundo inteiro na minha intimidade e tudo mais, salientando que quando "dei entrevista" ao Cabrini estava extremamente dopada. - disse a modelo.

Desmentida pelo ex-marido, Najila revela que no dia seguinte (ao acontecido com Neymar) entrou em contato com ele para conversar com o filho e envergonhada contou o que tinha ocorrido entre ela e o atacante brasileiro.

- Falamos ao telefone porque eu liguei para falar com meu filho, e acabei contando meio que por cima e envergonhada a aflição que eu estava passando, e ele não demonstrou compaixão e tão pouco interesse em saber. Por perceber frieza e descaso da parte dele, resolvi então cessar o assunto. Vejo que hoje ele está se interessando mais pelo assunto do que na época. Por qual motivo? Por que não relatou sobre ter visto a outra parte do vídeo? Por que só agora? Não é muito estranho?.

"Desde que tudo isso aconteceu ninguém se aproximou com o intuito de me ajudar"

Najila revelou também que está tendo um acompanhamento psiquiátrico e que depois do dia 15 de maio tudo em sua vida é um furacão e que hoje está melhor do que no período que se sucedeu ao dia chamado de 'macabro' pela própria modelo.

- Sinto que se aproveitaram do meu desespero, do meu trauma e desorientação. O que me preocupa ainda mais como esse caso é tratado aqui no Brasil. De forma ignorante e desumana. Só porque se trata de uma celebridade com poder aquisitivo e econômico, circunstância esta que está me sufocando, e que posso afirmar, deve ser o mesmo grito de socorro sem eco da mulher que está sendo violentada agora, ou daqui a alguns minutos.

Perguntada se pretende desistir da acusação, Najila afirmou que vai até o fim da acusação mesmo se tratando de uma celebridade. 

- Estou sofrendo retaliações, porque as pessoas ainda não entenderam o que de fato aconteceu. Se fosse envolvendo uma pessoa diferente, tudo teria sido mais simples. Agradando ou não quem não acredita em mim, lutarei em defesa das mulheres e não contra elas. - Dispara a modelo

A principal preocupação da modelo, é seu filho de sete anos. Najila tem poupado o menino da exposição e conta que não tem acessado redes sociais e nem tem visto televisão.

- Tenho poupado ele disso tudo. Aqui não acessamos internet e nem vemos televisão. Mas agora ele volta à escola e é essa a minha preocupação, ou seja, cuidar dele para que cresça como um homem honesto e respeitador - concluiu.