Milton Neves

Milton Neves apresenta o programa 'Terceiro Tempo', na Band (Imagem: Reprodução/TV Bandeirantes)

LANCE!
24/02/2021
10:59
São Paulo (SP)

O apresentador da Band Milton Neves comentou a situação complicada de Jorge Jesus no Benfica. Podendo ser demitido, o treinador campeão pelo Flamengo em 2019 voltou a ser assunto entre a Nação e foi especulado para comandar o Rubro-Negro em 2021. Para Milton, Ceni deve seguir no clube e ser campeão "em paz".

+ Simulador: descubra quais resultados faz do Flamengo octa no Brasileiro

Milton disse que estava "na cara" que o retorno de Jesus a Portugal não daria certo. O comunicador apontou que "não foi por falta de aviso", afinal, a melhor decisão de Jesus teria sido vir ao Brasil em 2019. Milton disse que o treinador português já não vinha fazendo trabalhos de destaque na Europa e teve no país, com o Flamengo, a temporada de ouro ganhando o Brasileiro e a Libertadores.

- Pô, mas bem agora, JJ? Agora que o clube voltou a jogar bem e está com uma mão e meia na taça do Brasileirão? Tenha dó, né? Pois saiba que o Rubro-Negro, depois da aventura com Domènec Torrent, engrenou nas mãos de Rogério Ceni, o melhor técnico brasileiro da atualidade - escreveu ele no Uol.

Milton ainda comentou que Jesus deve mais ao time carioca por ter voltado a ser cobiçado. O apresentador da Band deixou seu pitaco sobre a "conquista do Flamengo na temporada 2020: Rogério Ceni vencerá o Brasileirão e ficará anos no clube.

- E ele, que será campeão brasileiro na próxima quinta-feira, tem tudo para ficar por muitos e muitos anos na Gávea, conquistando por lá como técnico tantas taças quanto faturou como goleiro do São Paulo. (...) Portanto, deixe o Mengão em paz com o vencedor Rogério Ceni! E saiba também que você só tem a perder se voltar. 

Para vencer seu oitavo Brasileirão e confirmar a previsão de Milton, no entanto, o Flamengo precisa derrotar o São Paulo, nesta quinta, no Morumbi. Se ganhar, o time carioca verá Rogério Ceni levantar seu primeiro título da competição como treinador. Porém, se perder, dependerá do Internacional para levar o caneco.