LANCE!
13/04/2019
18:08
Rio de Janeiro (RJ)

O ex-atacante Tuta passou por maus bocados enquanto levava as filhas para a escola, durante a última semana. Ao estacionar o carro na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, o paulista de 44 anos, que encerrou a carreira de jogador em 2016, foi surpreendido por dois assaltantes armados e teve o carro roubado e outros pertences roubados.

- Estou levando minhas filhas para o colégio, batendo papo no carro. Eu encosto, e quando olho para minha filha escuto uma batida muito forte no vidro. Tomo um susto. Aí eu vi a arma, um cara com uma arma muito grande. Falei: "Calma, só quero tirar minhas filhas" - relatou ao programa "Balanço Geral", da "Rede Record". 

O ex-jogador, que teve passagens por Flamengo, Fluminense, Grêmio e Palmeiras, revelou que esta foi a primeira vez sendo assaltado, e deu mais detalhes sobre a atuação dos bandidos. 

- Nervosos os dois, tirando meu relógio e meu anel, e eu querendo destravar a porta, senão não ia conseguir abrir por fora. Graças a Deus consegui tirar minhas filhas. Consegui manter a calma, acho que com qualquer movimento brusco pode ter uma fatalidade. Eles estavam mais nervosos que eu, que estava sendo surpreendido. Moro há 19 anos no Rio e nunca passei por isso. Nos meus 44 anos nunca passei por essa situação de ser assaltado. Em plena luz do dia - concluiu.

Tuta foi revelado por pelo Araçatuba-SP, em 1994, e depois de rodar o futebol brasileiro, além de ter breves passagens pelo futebol italiano e coreano, encerrou a carreira de jogador profissional no Taboão da Serra, há três anos.