Montagem - Futsal

Falcão rebateu a declaração de Manoel Tobias sobre quem seria o maior no futsal (Montagem LANCE!)

LANCE!
20/04/2021
22:08
Rio de Janeiro (Rj)

A polêmica sobre o maior nome do futsal ganhou mais um capítulo. A rivalidade entre Falcão e Manoel Tobias reacendeu após a declaração do ex-jogador à FIFA. Segundo Manoel, ele seria o melhor jogador da história do esporte. Entretanto, Falcão rebateu o ex-companheiro de Atlético Mineiro e apontou números para afirmar que é o maior do futsal.
+ Confira os grupos da Copa Libertadores 2021

- O Manoel Tobias foi um monstro, e aprendi muito com ele. E ele está certo com sua autoconfiança. Porém, o aumento do espaço de jogo para 40x20 matou 50% do jogo dele, onde com 37 anos acabou parando precocemente. Eu joguei igual em ambas. Essa autoconfiança eu também tenho e, mais que isso, em números e fatos. Ele fez aproximadamente o mesmo número de jogos que eu, com 267 gols. Eu fiz 401, “apenas” 134 gols a mais. Acredito ser uma diferença considerável. Sou maior goleador em Copas do Mundo de todos os esportes Fifa, seja feminino ou masculino, com 48 gols - disse Falcão em entrevista ao Globoesporte.com

Apesar de jogarem juntos pela seleção brasileira e Atlético Mineiro, os dois ex-jogadores não apresentavam uma relação afetuosa.

De acordo com Falcão, o estilo de jogo de Tobias foi prejudicado pela modernização do esporte. Assim, aponta números e argumenta que foi um jogador mais completo que Manoel e por isso é o maior de todos os tempos do futsal.

- Lembrando que peguei o maior equilíbrio possível em jogos. Tudo mudou e a dificuldade só aumentou na troca de geração. Na época dele, tinha titulares e reservas, ou seja, jogava 80% dos minutos dos jogos. Eu já peguei boa parte trocando a cada cinco minutos, ou seja, jogava 50% dos minutos, no máximo. Fui nove vezes campeão da Liga Futsal em cinco equipes diferentes. Não joguei apenas nas melhores equipes com os melhores, fui “zebra” algumas vezes. Sobre 2012, sobre entrar nos momentos que entrei e tudo que aconteceu, não vou nem levar em consideração. Sobre marcar, alguém puxa por favor algum jogo importante ou final que tenha tomado o gol porque não marquei. Futsal você tem que dominar todos os pontos, não existe o extremo. Ainda sobre marcar, sempre fui um dos primeiros em desarmes, tanto em clube quanto seleção, são números. Além da visão 360, sobre vender o esporte, transformar um estilo plástico em resultados, e levar o futsal a pontos que fez ser mais conhecido e aparecer mais, assim como nas quatro vezes que estive na premiação da Fifa na Suíça. Como eu disse, respeito a autoconfiança dele, porém, a minha vem de números e fatos. Como jogador , primeiro Falcão, segundo Falcão e terceiro Manoel Tobias - concluiu.