Dênis da Silva Ribeiro

Dênis da Silva Ribeiro sofreu condenação nas redes sociais após o ato. O árbitro sofre de incontinência urinária (Reprodução)

LANCE!
07/06/2021
18:57
São Paulo (Sp)

A CBF liberou as equipes de arbitragem para os confrontos decisivos da terceira fase da Copa do Brasil. Escalado para o duelo decisivo entre São Paulo e 4 de Julho, no Morumbi, na próxima terça-feira, Dênis da Silva Ribeiro viveu um momento incômodo na partida entre Boavista e Goiás, também válida pela competição nacional. Em março, o árbitro foi flagrado urinando em campo por complicações da incontinência urinária e viralizou nas redes.
+ Confira os confrontos válidos pela terceira fase da Copa do Brasil!

Sobre o caso, a Associação Nacional de Árbitros de Futebol (ANAF) saiu em defesa de Dênis. A organização criticou as piadas dirigidas ao juiz e alegou que sua atuação segura foi ofuscada pela situação constrangedora ocasionada pelo esquecimento da medicação própria para o controle da doença.

- As redes sociais são implacáveis. Condenam, difamam e transformam em chacota sem ao menos dar oportunidade de "defesa" à vítima. Posturas que a @anaf.brasil não só repudia como combate. A entidade vem a público prestar solidariedade ao árbitro Dênis da Silva Ribeiro. A sua boa atuação em Boavista x Goiás, na noite da última quinta-feira pela Copa do Brasil, terminou ofuscada por uma situação extremamente incômoda para quem, assim como ele, tem incontinência urinária - escreveu a associação.

- No Brasil, cerca de 10 milhões* de pessoas são acometidas por essa doença. Dênis não havia tomado o remédio antes da partida e, por isso, acabou passando por esse constrangimento flagrado pelas câmeras de TV. Pedimos empatia à sociedade e discernimento à CNA da CBF avaliar esse caso - completou.

Marcado para às 19h, o São Paulo precisa reverter o placar adverso no primeiro jogo. Na casa do 4 de Julho, o tricolor foi derrotado por 3 a 2 e precisa vencer no Morumbi, na próxima terça-feira, para avançar na Copa do Brasil.