Wendel

Wendel desembarcou no Brasil no último domingo e foi recebido por familiares (Foto: Marcello Neves/LANCE!)

Marcello Neves
03/09/2018
08:00
Rio de Janeiro (RJ) 

Wendel não esperava encontrar os seus familiares no aeroporto do Galeão, no último domingo. A família do volante foi recebê-lo no setor de desembarque antes de aproveitar os três dias liberados pelo Sporting (POR) para resolver problemas pessoais. Antes do Fluminense, seu ex-clube, entrar em campo contra o São Paulo, no Morumbi, o jogador conversou com o LANCE! e revelou estar na torcida para a situação do tricolor melhore no restante da temporada. 

- Acompanho os jogos do Fluminense, quando o horário permite. Torço muito pelos antigos companheiros. Tenho um respeito grande pelo clube e espero que termine bem a temporada - disse. 

Alguns torcedores que estavam no aeroporto pediram o seu retorno para o Fluminense. O volante falou sobre um possível retorno às Laranjeiras, não descartando a possibilidade no futuro. Até aqui, Wendel fez quatro jogos em sua passagem pelo Sporting, mas ainda não entrou em campo na atual temporada europeia. 

- Sobre voltar um dia, por que não? Como eu disse, gosto do clube e seria uma honra poder voltar a vestir a camisa do Fluminense novamente um dia.

Como o LANCE! havia adiantado anteriormente, Wendel recebeu sondagens de São Paulo, Flamengo e CSKA, da Rússia. O atleta confirmou as informações, mas lembrou que nenhuma das negociações foram à frente e o momento é de se estabelecer no Sporting, atual terceiro colocado do Campeonato Português.

- O Sporting vive momento conturbado, todos sabem. Sei que estes três clubes fizeram propostas (São Paulo, Flamengo e CSKA), mas a negociação não evoluiu. O desafio que temos que ter em mente é de poder participar dessa transição no Sporting e ajudar o clube, que está precisando. Por isso minha busca é por ter logo uma sequência de jogos e consolidar lá - afirmou.

Wendel
Wendel foi recebido por familiares (Foto: Marcello Neves/LANCE!)

Confira outras declarações de Wendel ao LANCE!:

Retorno ao Brasil e encontro com a família
- Fico muito feliz em chegar no Brasil e receber o carinho de amigos e familiares. Nunca passei tanto tempo longe deles e está sendo também algo para se acostumar. Por isso mesmo, minha motivação e determinação são cada vez maiores. Tudo tem sua hora e fui para lá vencer. Vim aqui no Brasil recarregar a bateria por três dias e voltarei pra lá pronto pro restante de 2018.

Adaptação no Sporting (POR)
- Minha adaptação à cidade está excelente. Lisboa recebe os brasileiros muito bem e o idioma ajuda também. Mas fizer que estou satisfeito com o atual momento não seria verdadeiro. Fui para o Sporting com a expectativa de ter uma sequência de jogos e isso ainda não foi possível.