Técnico do Fluminense, Fernando Diniz decreta mudança após derrota para Botafogo: ‘Vamos reformular’

Tricolor luta para se distanciar da zona de rebaixamento

53784680372_39c9494d10_o-scaled-aspect-ratio-512-320
Fernando Diniz admitiu desempenho ruim do Fluminense no Brasileirão (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Escrito por

Treinador do Fluminense, Fernando Diniz demonstrou muita preocupação com o desempenho de sua equipe após a derrota para o Botafogo. O comandante afirmou que planeja fazer uma reformulação e disse estar com dívida com a torcida.

➡️ Clique para assinar o Premiere por 30 dias grátis!

- Os times nos estudam. Mas o que mais me preocupa hoje é a falta de condição de fazer o melhor que a gente pode. Hoje o Botafogo jogou bem, está num momento bom. Mas a minha maior preocupação é fazer o Fluminense. jogar o melhor possível. Vamos reformular de acordo com o melhor que a gente pode. Estamos longe de fazer aquilo que fazíamos em 2022 e 2023. Não está faltando trabalho de maneira nenhuma. Estamos devendo ao torcedor.

Na coletiva, Fernando Diniz afirmou que o plano de jogo do Alvinegro já era de conhecimento de sua comissão técnica e dos jogadores. No entanto, o técnico afirmou que o que foi feito nos treinos não foi executado na partida.

- Nesse momento que a gente estava um pouco melhor no jogo, a gente acabou tomando o gol. Depois eles se retraíram um pouco mais e a gente não conseguiu criar oportunidades de gol. Não houve surpresas táticas no jogo, é um time que a gente sabia que ia subir um pouco mais a marcação e eles iam jogar de uma maneira mais alongada, jogadores rápidos e altos na frente. A gente falhou. No treino a gente não falhou, mas falhou no jogo. Erro coletivo e é isso. Leitura de uma maneira geral da partida.

No sábado (15), o Fluminense recebe o Atlético-GO em busca de um triunfo para se distanciar da zona de rebaixamento. O confronto é direto, uma vez que o Dragão tem apenas um ponto de desvantagem em relação ao Time de Guerreiros.

CONFIRA OUTRAS RESPOSTAS DE FERNANDO DINIZ:

GOLS EM BOLAS PARADAS

- Tá sendo treinado e muito. O Botafogo teve outras maneiras de fazer gol na gente, especialmente de transição e bola longa. Mas bola parada a gente treinou sistematicamente para não tomar gol. Foi uma falha coletiva, mais uma que a gente tem na temporada, de bola aérea.

MERCADO

- Elenco nunca está fechado, mas o problema não é contratação. Problema está aí, a solução aqui. Se fosse contratar um ou outro jogador, seria fácil. Fluminense não é isso. Os jogadores que estão aí são jogadores que em 2022 jogaram muito bem, ficaram em terceiro, quase em segundo. No ano passado ganharam dois títulos, já ganhou um título esse ano. A base tá toda aí dos jogadores. São extremamente capazes de fazer e produzir mais. Acredito muito no que a gente tem aqui.

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter