Digão em atividade no CTPA, na Barra da Tijuca

Digão deve ser o novo líder do Fluminense (Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.)

LANCE!
14/01/2019
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Um dos mais experientes do elenco e com uma grande história no Fluminense, o zagueiro Digão tem tudo para ser o novo líder da equipe. Em meio a um time recheado de garotos e que perdeu Júlio César e Gum, suas principais referências no ano passado, a presença do jogador deverá ser fundamental para o clube em 2019.

A expectativa de muitos, inclusive, é que Digão assuma a braçadeira de capitão. Algo natural, uma vez que o atleta é o único jogador do atual elenco que fez parte do histórico "time de guerreiros", que escapou do rebaixamento na última rodada do Brasileiro em 2009 e é tido como um dos mais marcantes da história do Fluminense.

Revelado em Xerém, o zagueiro acertou recentemente sua permanência nas Laranjeiras. Ele teve seu contrato renovado por empréstimo até o final de 2019. O Fluminense chegou a um acordo com o Cruzeiro, que autorizou o empréstimo do atleta por mais um ano ao Tricolor.

Em sua segunda passagem pelo Fluminense, Digão já acumula, ao todo, 127 jogos com a camisa do clube. Neste período, marcou sete gols e conquistou os Campeonatos Brasileiros de 2010 e 2012 e o Carioca, além de criar uma grande identificação com a torcida. 

A chegada de nomes com rodagem ao clube, como Bruno Silva e Matheus Ferraz, também devem ser importantes para a equipe de Fernando Diniz em 2019. Experientes, os dois podem ser vistos como possíveis líderes dentro do elenco. Além deles, o volante Aírton e o atacante Pedro, quando retornar de lesão, também devem ser fundamentais para dividir a liderança junto a Digão. Mesmo jovem, o camisa 9 tem moral com o grupo e é visto internamente como um líder.