Pedro Abad - Presidente do Fluminense

Abad passa por processo de impeachment (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)

César Guimarães e Marcello Neves
14/12/2018
14:28
Rio de Janeiro (RJ) 

Como o LANCE! havia antecipado, a saída de Pedro Abad, do Fluminense, pode acontecer ainda este ano. Informações de bastidores dão conta de que a reunião no próximo dia 20, a pedido da oposição sobre um relatório que aponta gestão temerária, pode marcar o impeachment do presidente. Entretanto, o 'UOL Esporte' trouxe a informação de que o mandatário analisa cenários para renúncia, o que foi confirmado pelo LANCE!

As manobras políticas dentro do clube apontam para a saída do dirigente. Até membros da situação já admitem ser difícil a permanência de Abad no comando do Tricolor em 2019. Entre os opositores, a saída é tida como necessária para sobrevivência do clube na próxima temporada. A renuncia, antes claramente descartada, passou a ser considerada como possibilidade. 

Pressionado internamente, Abad já cogita a renuncia para uma saída honrosa. A votação para decidir o impeachment do presidente seria realizada no próximo dia 20 de dezembro. No início do mês, o presidente do Conselho Deliberativo, Fernando Leite, emitiu a convocação aos conselheiros do clube para comparecimento na sessão e divulgou o relatório da Comissão para Assuntos Disciplinares favorável ao processo.

Caso Abad sofra o impeachment, o estatuto do Fluminense indica que o presidente do Conselheiro Deliberativo tem 45 dias para convocar uma nova eleição. Após definido o novo presidente, terá o comando até o final de 2019, quando será realizada um novo pleito para definir o sucessor para comandar o clube no próximo triênio.  

Entretanto, em caso de renuncia, quem deveria assumir seria o vice-presidente Cacá Cardoso, que deixou o clube em abril e atualmente faz oposição a Pedro Abad. Com isso, não há uma definição clara e as situações para uma transição estão sendo tratadas internamente. 

Assessoria nega possibilidade de renuncia

Ao contrário do que foi noticiado pela imprensa, o presidente do Fluminense Football Club, Pedro Abad, não irá renunciar ao seu cargo. O planejamento do clube para 2019 segue em andamento e as novidades serão anunciadas em breve, inclusive o treinador.