Marcelo Oliveira - Fluminense

Treinador explicou o uso dos reservas contra o Santos (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.) 

LANCE!
27/10/2018
20:10
Santos (SP)

O placar mostra 3 a 0 para o Santos, mas o Fluminense segurou a pressão da equipe paulista até os 35 minutos do segundo tempo. Focando na Copa Sul-Americana, o Tricolor foi a campo com uma escalação alternativa - para não dizer reserva - na Vila Belmiro. Apesar do resultado, o técnico Marcelo Oliveira elogio a "disposição e entrega" dos jogadores, citando câimbras em alguns. 

- Fica como positiva a entrega e a disposição dos jogadores. Pelo menos três estavam com câimbras e não saíram. Sustentamos o empate até os 35 minutos do segundo tempo, mas é sempre difícil jogar aqui. Agora temos um jogo dos mais importantes. O Nacional mostrou qualidade no Rio. É possível reverter a vantagem. Vamos descansados.

O Fluminense volta a campo na próxima quarta-feira, às 19h30, contra o Nacional (URU), em jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana. O Tricolor embarca para o país vizinho na segunda, por isso a opção pelos reservas. Marcelo Oliveira explicou o uso da equipe alternativa pelo desgaste, lembrando que o Tricolor completaria quatro jogos em dez dias. 

- Nós teremos um jogo difícil contra o Nacional. Deixamos escapar o empate no final. É possível, esperamos que esse descanso tenha valido a pena. Seriam quatro jogos em 10 dias e isso é impossível para qualquer jogador. Vamos fortes e confiantes de que podemos buscar o resultado que nos interessa'.