Fluminense x Vasco - Odair Hellmann

Odair Hellmann durante a vitória do Fluminense contra o Vasco (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)

LANCE!
29/08/2020
22:08
Rio de Janeiro (RJ)

O golaço de Dodi rendeu não só a vitória ao Fluminense por 2 a 1 contra o Vasco, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, mas também a vitória em uma aposta com Odair Hellmann. Em entrevista coletiva após a partida no Maracanã, o treinador revelou que pagará mil reais ao volante após o acerto no chutaço de fora da área. O comandante tricolor lembrou que ele treina bastante a batida e comemorou o feito.

- Sou um cara que não gosta muito de gastar dinheiro. Gosto de guardar, não tenho muito e também não ganho muito, mas guardo o que ganho para ter lá na frente. Mas esse gol, além da comemoração e da felicidade pelo jogador, vou ter que pagar mil reais para o Dodi. Ele treina muito esse fundamento após as atividades. Teve um treino que eu estava subindo para a minha sala depois e ele bateu, fez um gol parecido. Voltei para o campo e disse que se ele acertasse um desse teria mil reais - disse Odair.

- Nunca perdi mil reais com tanto prazer como dessa vez. Segunda-feira estará na conta, fica tranquilo. E se continuar fazendo tem mil por cada gol assim. Se eu tivesse prometido para o Fred eram dois mil, aí teria que pedir a ajuda do presidente (risos). Mas se continuar desta forma eu pago com o maior prazer. É um bastidor, uma brincadeira, mas algo altamente produtivo e positivo. O jogador fica após treino treinando o fundamento, exerce isso e conseguimos trazer leveza no processo. Fico feliz. Nunca gastei mil reais com tanto prazer - completou.

Outro que também saiu feliz da vida foi o atacante Fred. Após entrar já depois dos 30 minutos do segundo tempo, o ídolo do Fluminense marcou o segundo gol da equipe, que acabou garantindo a vitória. Foi o primeiro dele nessa segunda passagem pelo Flu quatro anos e três meses depois de marcar pela última vez.

- A importância do Fred tem sido muito grande, por isso aconteceu a vinda dele. É um ídolo do clube veio para nos ajudar dentro e fora do campo pela experiência, conduta, projeto. Quando você está de coração aberto, limpo, leve, acaba sendo premiado bem antes até de uma normalidade. Com uma finalização muito boa. É importante para o grupo. Quando iniciar os jogos vai nos ajudar tecnicamente, com a experiência, imposição, finalização. Quando não, vai fazer parte do coletivo e do grupo. Ele está com essa batida. É importante ter um jogador como ele como exemplo. Estamos fazendo uma progressão de jogos, de tempo para ele estar bem quando entrar. Estamos dando tempo ao tempo, progredindo com ciência e transparência, as coisas tem acontecido. Certamente vão acontecer outros gols. Não tinha torcida, mas tinha o áudio e certamente a torcida em casa estava comemorando - afirmou.

Sobre o jovem Calegari, substituído por Igor Julião após sentir a panturrilha direita, Odair Hellmann disse que o lateral ainda fará novos exames. O agora reserva está suspenso para a próxima rodada e o Fluminense pode encontrar um problema para o confronto com o Atlético-GO, na quarta-feira.

- O Calegari sentiu a panturrilha. Temos que ver o que é. Ele pegu um jogador de velocidade, drible e fez um bom jogo. Tem uma vitória pessoal nessa atuação. Esperamos que não seja nada para que ele possa estar à disposição. Mas o Julião entrou bem, firme. Essa é a parte do coletivo. Trabalhar todos da mesma forma, mesmo conceito. Quando entraram já sabem os movimentos ofensivos e defensivos - finalizou.