Pedro Fluminense

Pedro marcou o gol do Fluminense no empate em 1 a 1 com o Ceará (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Joel Silva
17/07/2019
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

O empate com o Ceará não foi bom para o Fluminense, porém o jogo representou um recomeço para o atacante Pedro. Destaque da partida, o jogador atuou por 90 minutos pela segunda vez, desde que se recuperou da grave lesão no joelho direito. Acabou sendo coroado com o gol, o quarto no Campeonato Brasileiro, que o fez ser o artilheiro absoluto do time na competição.

- Como eu falei, o meu foco está aqui no Fluminense. Eu joguei os 90 minutos e foi importantíssimo para mim voltar a melhor forma. Fiquei feliz pelo gol mas infelizmente não veio o resultado - disse Pedro.

Após o episódio envolvendo uma possível transferência para o Flamengo, Pedro perdeu um pouco de prestígio com a torcida tricolor. Isso ficou nítido nos dois encontros que teve com os torcedores. No primeiro, treino aberto nas Laranjeiras, os tricolores mandaram o recado, pedindo que o atacante tenha respeito com a camisa do Fluminense. No segundo, Maracanã, o jogador foi recepcionado no gramado com um misto de vaias e aplausos. No entanto, isso não o abalou

- Me preparei para isso, para lidar com a pressão. Acho que a torcida é soberana. Entendo o lado dela. Fico feliz pelos gritos de "o Pedro vai te pegar" e pelo gol marcado - contou Pedro após a partida.

A retomada de Pedro passa muito pelo técnico Fernando Diniz, que deu muita moral e confiança para o atacante, principalmente após o retorno do Torneio de Toulon, competição em que a Seleção Brasileira venceu, porém sem nenhum destaque por parte do jogador. Pedro chegou para a intertemporada com uma lesão muscular, que o tirou de várias atividades e dos três jogos-treinos. Mesmo assim, o treinador o bancou como referência no ataque, mesmo tendo João Pedro em grande fase pelo setor.

Plenamente recuperado, com a confiança em alta e focado em jogar no Fluminense, Pedro pode, enfim, voltar a ter sequência com a camisa tricolor e alcançar o seu auge, vivido em 2018, quando marcou 19 gols em 40 partidas, até se lesionar, no dia 25 de agosto, em um jogo contra o Cruzeiro, no Mineirão. O faro de artilheiro se mostra intacto, já que possui quatro gols em oito jogos pelo Fluminense.

No próximo sábado, contra o Vasco, Pedro terá mais uma oportunidade de confirmar a boa fase e o adversário já sofreu com os seus gols. No ano passado, o atacante enfrentou o Cruz-Maltino em três oportunidades e marcou duas vezes. Em uma delas, gol em São Januário, calando a torcida vascaína no fim da partida que já comemorava a vitória.