Filipe Torres - Fluminense

Filipe Torres comandou a equipe feminina do Fluminense no Brasileirão (Fotos: Mailson Santana/FFC//Adriano Fontes/Divulgação)

Luiza Sá
19/01/2022
11:37
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense acertou a demissão do técnico Filipe Torres, do time Sub-18 feminino, na manhã quarta-feira. A mudança se dá por divergências internas, mesmo com a conquista recente dos inéditos títulos do Campeonato Carioca e do Brasileirão da categoria em março.

A decisão estava tomada desde a última terça-feira. O treinador retornou a Xerém nesta quarta para ser comunicado sobre o desligamento. Ele fará o curso para tirar a Licença B em Belo Horizonte em fevereiro. Em contato com o LANCE!, Filipe negou que tenha havido qualquer atrito com a treinadora do time principal, Thaissan Passos, e reforçou a gratidão ao Flu.

- Saio pela porta da frente, consciente de todo o trabalho que eu fiz pelo desenvolvimento do futebol feminino do Fluminense, são 2 títulos inéditos de um ciclo vitorioso. Gratidão ao clube - afirmou.

Em nota oficial, o Tricolor confirmou o desligamento, mas não citou motivos e nem os títulos vencidos por ele.

- O Fluminense comunica o desligamento do auxiliar técnico Filipe Torres, na manhã desta quarta-feira (19/1). Filipe chegou ao clube em 2019, no início do projeto do Futebol Feminino e dirigiu a equipe Sub-18 após o afastamento médico de Isaias Rodrigues. O clube agradece ao auxiliar pelo desempenho e deseja sorte em sua carreira - diz a nota.

Filipe era o treinador do Sub-16 e assumiu a categoria acima com o afastamento de Isaías Rodrigues, que posteriormente faleceu vítima de câncer no pulmão, em julho. Torres liderou a equipe no título do Brasileirão Sub-18 no início do ano passado, o primeiro da história do feminino tricolor. Em dezembro, venceu o inédito Carioca.