Luciano

Luciano assumiu o protagonismo do ataque Tricolor (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Joel Silva
11/05/2019
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

O clássico deste sábado, no Maracanã, entre Fluminense e Botafogo, pode ser muito especial para o atacante Luciano. Caso faça um gol, o jogador vai quebrar uma marca pessoal na carreira. Com 13 gols na temporada, Luciano já igualou o melhor ano quando o assunto é artilharia. No entanto, em 2014, precisou de 47 jogos pelo Corinthians para alcançar o número atual, enquanto nesse ano precisou de apenas 24 partidas. 

Com Pedro fora de combate nos primeiros meses do ano, Luciano assumiu o protagonismo do ataque Tricolor. O atacante inclusive é o artilheiro da Copa do Brasil com cinco gols. Tendo ainda todo o segundo semestre pela frente, Luciano crê que vive o melhor momento de toda a sua trajetória, podendo melhorar cada vez mais os seus números.

- Sim, é o meu melhor momento na carreira. Graças a Deus está acontecendo. Estou sabendo lidar com isso, mas não chegaria a este momento sem a ajuda dos meus companheiros em campo, da comissão técnica e da minha família. Espero que esse momento dure até o final da temporada.

Além dos agradecimentos aos que o cercam, Luciano fez questão de fazer uma menção especial ao técnico Fernando Diniz. Na avaliação do atacante, o treinador é o responsável direto pelo bom momento dele e de diversos atletas do elenco.

- O Diniz conseguiu resgatar o futebol de vários jogadores do Fluminense e eu sou um deles. Ele dá muita moral para os atletas e isso foi essencial na vida de todos aqui, que ganharam muito com a chegada do Diniz. Ele é um cara que trabalha e cobra muito, mas essas conversas, essas cobranças, têm dado certo. O balanço que fazemos do Diniz é só de ganhos e crescimento.

Confiança em alta

A virada histórica diante do Grêmio na rodada passada elevou a moral do elenco do Fluminense. A tendência para Luciano é de que o time possa jogar ainda melhor por conta da confiança em alta.

- Confiança a gente adquiriu já, após a vitória sobre o Grêmio. A gente sabe que não ganhou nada, mas foi uma vitória importante. A gente trata todos os jogos como decisões e neste sábado temos outra decisão contra o Botafogo. A gente espera dar o nosso melhor para conquistar os três pontos e assim, consequentemente, conseguimos mais confiança, melhorando a nossa performance dentro de campo.

Luciano afirmou também que a vitória diante do Grêmio, do jeito que foi, fez com que o Tricolor mudasse de patamar perante aos rivais.

- Muito se falou também que não fizemos um bom jogo contra o Santos, mas fizemos. Temos a capacidade de enfrentar qualquer time de igual pra igual, tanto dentro quanto fora de casa. Aquela vitória foi importante porque a partir de agora, as próximas equipes que vierem jogar contra o Fluminense terão mais respeito.