Mário Bittencourt - Fluminense

Apesar das dificuldades, Mário Bittencourt tem conseguido pagar os salários (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

LANCE!
03/02/2020
16:28
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense diminuiu a dívida que possui com os jogadores e funcionários. Na última sexta-feira, o club quitou 70% dos salários de CLT referentes ao mês de dezembro, que estava atrasado desde o quinto dia útil de janeiro. A informação foi divulgada inicialmente no site do Globo Esporte e confirmada pela reportagem do LANCE!.

Em coletiva na última quinta-feira, o presidente Mário Bittencourt tinha admitido o atraso salarial e justificou a pendência, mas prometendo acertar integralmente até a primeira quinzena de fevereiro.

- O mês de dezembro tem uma situação que é o terço de férias, ficando pesado para qualquer empregador. Em um clube que se tinha uma defasagem de quatro meses, conseguimos terminar o ano muito bem. A tendência é que até a primeira quinzena de fevereiro vamos conseguir acertar dezembro integralmente e aí ficaremos atrasados uns dias com janeiro.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Carioca


Atualmente, o Fluminense deve 30% dos salários em CLT de dezembro, além de dois meses de direitos de imagem (novembro e dezembro). O mês de janeiro vence na próxima sexta-feira, quinto dia útil.