Montagem - Bruno Henrique, Gabigol e Arrascaeta (Vaivém)

Bruno Henrique, Gabigol e Arrascaeta estão perto de reforçarem o Flamengo (Foto: Divulgação)

LANCE!
09/01/2019
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo está perto de anunciar três reforços para 2019: Arrascaeta, do Cruzeiro, Bruno Henrique, do Santos, e Gabriel Barbosa, da Inter de Milão. Foram semanas de negociações - todas distintas - com clubes e empresários, com um ponto-chave comum para o clube da Gávea chegar à iminência dos acertos: os três jogadores, desde o início das conversas, deixaram claro os respectivos interesses de vestir a camisa rubro-negro a partir desta temporada.

Desta forma, a atual diretoria - Rodolfo Landim foi eleito presidente em 8 de dezembro - colhe os frutos do trabalho da gestão do Eduardo Bandeira de Mello. "Tornar a vinda para o Flamengo atrativa para os jogadores" era uma frase frequentemente dita pelo último mandatário e outros diretores do grupo. 

A reestruturação financeira, estrutural e organizacional pelo qual passou o clube da Gávea nas últimas temporadas permitiu que o Flamengo chegasse à condição atual, em que é capaz de atrair jogadores de outros grandes clubes.

BEM VISTO NO MERCADO

O Flamengo, nos últimos anos, deixou a fama de mau pagador para trás e virou uma das referências no mercado nacional, atraindo os atletas pela capacidade de arcar com bons salários e, principalmente, manter os vencimentos em dia.

A saúde financeira também permite ao clube na Gávea fazer investimentos altos, como Vitinho e Everton Ribeiro, que vieram do CSKA, da Rússia, e do Al Ahli, dos Emirados Árabes, ou como no caso de Henrique Dourado, comprado após terminar 2017 como artilheiro do Brasileirão pelo rival do Fla. O valor desembolsado pelo Rubro-Negro somente no trio supera os R$ 90 milhões.

No caso de Gabigol, a Inter de Milão emprestará o atacante sem custos, mas os salários serão pagos pelo Fla. Já por Arrascaeta e Bruno Henrique, o clube da Gávea desembolsará mais de R$ 65 milhões, caso as propostas sejam aceitas.

NA BRIGA PELOS PRINCIPAIS TÍTULOS

Os títulos não foram conquistados nos últimos anos, mas o entendimento na Gávea é de que as conquistas já são uma questão de tempo. Afinal, a equipe vem alcançando finais e brigando pelas primeiras posições das competições mais importantes do Brasil e da América do Sul. De 2017 para cá, por exemplo, o Fla foi vice-campeão da Sul-Americana, da Copa do Brasil e do Brasileirão.

A presença na Copa Libertadores, pelo terceiro ano consecutivo, também é um atrativo para os atletas. O clube é visto como uma das principais portas de entradas do futebol sul-americano para os grandes europeus. Em 2018, Vinícius Júnior deixou o Fla rumo ao Real Madrid, da Espanha, Lucas Paquetá foi vendido ao Milan, da Itália, e Felipe Vizeu acertou com a Udinese, da Itália.

NOVO MÓDULO DO CT DE NÍVEL EUROPEU

Quando o grupo principal do Flamengo retornar dos Estados Unidos, onde disputa a Florida Cup e treina em Orlando até o dia 15 de janeiro, os atletas passarão a utilizar o novo módulo do CT George Helal, o Ninho do Urubu, inaugurado em dezembro do ano passado. O investimento da gestão de Bandeira de Mello foi de R$ 26 milhões em uma estrutura de nível europeu.

O novo módulo permitirá maior integração entre as áreas médicas e de performance, dando todas condições para o elenco atingir o maior nível.