Thuler Flamengo e Emelec

Thuler, em ação pelo Flamengo, diante do Emelec, na Copa Libertadores (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

LANCE!
02/08/2019
18:24
Rio de Janeiro (RJ)

As atuações firmes de Matheus Thuler, de 20 anos, foram frutos de elogios do técnico Jorge Jesus após as partidas contra Botafogo e Emelec, do Equador. A chance do Garoto do Ninho entrar em campo se deu por conta da lesão de Rodrigo Caio, no clássico, quando o camisa 25 foi acionado e formou dupla com Pablo Marí, espanhol contratado pelo clube há pouco mais de um mês.

Apesar do pouco tempo de treino juntos, Thuler e Marí mostraram bom entrosamento. O jovem zagueiro comentou a parceria com o espanhol.

- Fiz um jogo ao seu lado (antes da partida contra o Emelec), e ainda não o conhecia bem. Mas ele me ajuda bastante, conversa sobre a forma de jogar.

'Muito feliz pelo Léo Duarte, que vai realizar um sonho. Deu alegrias aqui e agora vai dar lá', disse Thuler sobre a ida do amigo ao Milan (ITA)

Questionado sobre a comunicação com o novo parceiro em campo, Thuler admitiu que é "mais no gesto e no grito", uma vez que Marí ainda não entende muito bem o português e o jovem não fala espanhol. Contudo, a dupla mostrou estar se virando bem, ajudando a equipe a passar seu primeiro jogo sem sofrer gols desde a chegada de Jorge Jesus, no mês de junho.

Como Rodrigo Caio segue entregue ao DM, em recuperação de lesão muscular na coxa esquerda, Pablo Marí e Thuler estão cotados para seguirem entre os titulares do Flamengo neste domingo, contra o Bahia, na Arena Fonte Nova.

- Sabemos que será um jogo complicado contra o Bahia, mas vamos nos preparar bem nestes dois dias e ver qual a estratégia do Mister - disse Thuler.

Na manhã deste sábado, no Ninho do Urubu, Jorge Jesus comando um último treino antes do embarque para Salvador. O Flamengo, com 24 pontos, é o terceiro colocado do Brasileirão, atrás do Palmeiras, com 27, e Santos, com 29.