Pará

Pará alertou para as dificuldades que o Flamengo encontrará diante do Pará (Foto: Gilvan Souza/Flamengo)

LANCE!
19/10/2018
17:46
Rio de Janeiro (RJ)

Na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, o Flamengo vai à Curitiba, no domingo, enfrentar o Paraná pela 30ª rodada do Brasileirão. O rival ocupa a lanterna do campeonato e não vence há 15 rodadas. Apesar disso, o elenco rubro-negro mantém os pés no chão e espera dificuldades no Durival Britto.

Antes do treino desta sexta-feira, no Ninho do Urubu, Pará falou sobre o confronto. Para o lateral-direito, o Flamengo precisa repetir o bom desempenho das últimas rodadas para voltar com os três pontos de Curitiba.

- Sabemos que será um jogo difícil. Mesmo eles estando nessa situação, é uma grande equipe e tem um treinador que quer tirar o time dessa situação incomoda. Independente disso, temos que fazer um grande jogo - afirmou.


Ainda de acordo com o camisa 21, há margem para evolução do Flamengo nesta reta final do Brasileirão. Pará entende que Dorival Jr está conseguindo fazer os ajustes necessários durantes as semanas livres para treinos no Ninho.

- Ainda temos muito para crescer e evoluir. Está nítido que o Dorival tem conseguido colocar o que vem treinando nas semanas. As coisas acontecendo da melhor maneira possível e acredito que estamos no caminho certo - disse.

Na preparação para o duelo no Durival Britto, o treinador do Flamengo optou pelos treinos fechados. Apenas o aquecimento estão liberados aos jornalistas, o que acontecerá também nesta sexta-feira, no Ninho do Urubu. No sábado, antes do embarque para Curitiba, o elenco trabalho com os portões fechados.

Sem jogadores suspensos, o Flamengo tem apenas uma dúvida para o duelo. O meia Diego, recuperado de lesão, já está treinando com o elenco desde o início da semana, mas Dorival Júnior não confirmou sua presença contra o Paraná. O volante Willian Arão é quem herdou a vaga do camisa 10 no meio de campo. Já na meta rubro-negra, Diego Alves reassume a posição e César vai para o banco.

Confira mais respostas do lateral-direito Pará:

1. A opção por Diego ou por Arão no time titular altera o estilo da equipe?

São posições completamente diferentes. O Arão é um segundo volante que tem a chegada forte. O Diego é aquele armador clássico que todo time quer ter no elenco. Quem entrar vai dar conta do recado, juntamente com os outros que atuarem.

2. Você conquistou a titularidade após a Copa do Mundo. Com a chegada de Dorival, tem focado mais na parte defensiva ou ofensiva?

Minha preocupação é defender bem primeiro. Todos estão trabalhando forte o sistema defensivo para não tomar mais gols bobos. Estamos fazendo o nosso trabalho e graças a Deus com o Dorival os nossos centroavantes estão tendo oportunidades. Contra o Fluminense, o Uribe fez dois gols e espero que quem jogar domingo possa marcar de novo.