Athletico PR x Flamengo

Vitinho em ação contra o Athletico, na Arena da Baixada, pelo Brasileirão (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

LANCE!
25/01/2021
17:00
Rio de Janeiro (RJ)

O atacante Vitinho, muitas vezes questionado pela torcida do Flamengo, é um dos jogadores mais utilizados pelo técnico Rogério Ceni - mesmo que, na maioria das vezes, seja saindo do banco de reservas.. Diante da concorrência no setor ofensivo, destaca-se os minutos dados ao camisa 11, que esteve em campo por mais tempo do que Gabriel Barbosa e Pedro, os artilheiros do time na atual temporada, com o treinador, que assumiu o comando em novembro.

Enquanto GabIgol atuou 10 vezes com o técnico - e ainda não teve a chance de completar uma partida - somando 533 minutos ao todo, e Pedro tem 419 minutos em 11 jogos (oito saindo do banco de reservas), Vitinho alcançou 632 minutos em campo na partida contra o Athletico, quando ficou em campo até os 41 minutos da etapa final, mais do que os atacantes rubro-negros citados.

> Confira a classificação e simule as próximas rodadas do Brasileirão!

Por conta das respectivas características e estilos de jogo - Vitinho é um homem de lado de campo, de velocidade -, Gabigol e Pedro disputam uma posição entre si. O camsia 11, por sua vez, é uma alternativa na ausência de Bruno Henrique, titular em 14 partidas sob o comando de Rogério Ceni.

As ausências por problemas físicos ajudam a explicar a minutagem de Pedro e Gabigol na "Era Ceni". Entre novembro e dezembro, ambos desfalcaram o time, enquanto Vitinho sempre esteve à disposição. O camisa 9 perdeu os jogos contra ão Paulo (18/11), Coritiba (21/11), Racing (1/12), Botafogo (5/12), com um desequilíbrio muscular, além de ter cumprido suspensão contra o Fortaleza.

Pedro, que voltou da Seleção Brasileira com uma lesão muscular, foi baixa contra São Paulo (11 e 18/11), Atlético-GO (14/11), Coxa (21/11) e Racing (24/11)