Flamengo x San José-BOL

Goleada no San José não foi a maior do Fla em Libertadores (Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo)

Marcello Neves
12/04/2019
11:30
Rio de Janeiro (RJ) 

Foi um verdadeiro passeio. O Flamengo venceu o San José (BOL) por 6 a 1, nesta quinta-feira, no Maracanã, pela quarta rodada da Copa Libertadores. A diferença de gols foi expressiva, mas esta não foi a maior - nem a segunda maior - goleada do Rubro-Negro no torneio sul-americano. Faltaram dois gols para o recorde ser batido.

A maior goleada aconteceu na Libertadores de 1993, quando o Flamengo venceu o modesto Minervén (VEN) por 8 a 2, no Maracanã. Na ocasião, a partida foi válida pelas oitavas de final da competição. Os gols foram marcados por Wilson Gotardo (2), Marcelinho Carioca, Gaúcho, Nélio (2), Marquinhos e Djalminha. Na Venezuela, a vitória foi por 1 a 0.

A segunda maior aconteceu em 1983, quando o Rubro-Negro - liderado por Zico - bateu o Blooming (BOL) por 7 a 1, também no Maracanã, ainda pela fase de grupos. Apesar do triunfo, o Flamengo cairia na fase de grupos daquele torneio - o regulamento classificava apenas o líder do grupo e o Grêmio, que viria a ficar com o título, avançou.

A goleada contra o San José fica na terceira colocação entre as maiores goleadas rubro-negras na história da Libertadores. Completam o Top-5 as vitórias por 5 a 0 contra o Santos, em 1984, e pelo mesmo placar contra o Deportivo Táchira (VEN), pelas oitavas de final, em 1991.

Com o resultado desta quinta-feira, o Flamengo assume a liderança do Grupo D e precisa de apenas mais um ponto nos dois jogos restantes para garantir a classificação para as oitavas de final. O Rubro-Negro enfrenta a LDU (EQU) e o Peñarol (URU), ambos foras de casa, respectivamente, nas próximas rodadas.