Gabigol - Flamengo x Fortaleza

Gabriel Barbosa marcou o gol da vitória sobre o Fortaleza, no Maracanã (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Matheus Dantas
05/09/2020
18:59
Rio de Janeiro (RJ)

Para derrotar o Fortaleza por 2 a 1 neste sábado, em confronto no Maracanã, o Flamengo contou com dois de seus jogadores mais decisivos: Everton Ribeiro e Gabriel Barbosa. O capitão marcou mais um golaço no primeiro tempo, já o camisa 9, após sair do banco de reservas, garantiu a primeira vitória do time em casa, neste Brasileirão, nos minutos finais da partida, "castigando" o rival.

Agora, após três triunfos consecutivos, o Flamengo chegou aos 14 pontos, e está, momentaneamente, na segunda posição. O Fortaleza, que marcou com Juninho no Maracanã, segue com oitos pontos e no oitavo lugar da tabela.

MAIS UM GOLAÇO DO MITEIRO

Diante do Fortaleza, o Flamengo repetiu o bom início de jogo que teve diante do Bahia, na última quarta, em Salvador. Com intensidade e agressividade na marcação, complicou a saída de bola rival e, logo aos cinco minutos, abriu o placar. O que também se repetiu foi a categoria de Everton Ribeiro. Se o meia, em Pituaçu, marcou um golaço com uma finalização forte, de longe, no Rio de Janeiro, ele esbanjou tranquilidade para, frente a frente com o goleiro, dar um leve toque para encobrir Felipe Alves e completar para a rede com a cabeça.

A movimentação do meio para frente, com Michael, Everton e Arrascaeta, com os apoios de Filipe Luís, Gerson e, especialmente, Isla, deu à equipe de Dome ótima produção ofensiva - foram 13 finalizações antes do intervalo, mas o gol não saiu. Méritos do Fortaleza e do goleiro Felipe Alves, que fez boas defesas.

OSVALDO "INFERNIZA ISLA" E LEÃO EMPATA

Após ser pressionado no início, o Fortaleza fez ajustes e, com presença na entrada de sua área, dificultou a criação de chances claras por parte do rival. Buscando equilibrar a posse de bola, o time de Rogério Ceni trocou passes à espera da hora certa de acelerar o jogo. O local já estava definido: nas costas de Isla, o chileno que apoia muito pelo lado direito do Flamengo. Osvaldo se aproveitou de sua velocidade para "infernizar" a defesa adversária por ali. Aos 13, foi derrubado na grande área e Juninho converteu o pênalti para empatar.

Foi da mesma forma que Osvaldo invadiu a área minutos depois e, ao driblar Isla, finalizou no travessão de Gabriel Batista. O Flamengo respondeu com chutes de Pedro e Michael, mas o empate persistiu até o fim da etapa inicial.

FLAMENGO INSISTE E GABIGOL GARANTE A VITÓRIA

Na volta do intervalo, Dome substituiu Pedro por Gabriel Barbosa. Já Ceni tirou Marlon e colocou Romarinho. Além dos nomes, o fato é que o nível da partida, em termos de emoção, caiu, e o Fortaleza foi o principal responsável. Com uma marcação encaixada, freou a produção do rival, que passou a abusar dos levantamentos. Paulão e Quintero, contudo, foram soberanos na bola aérea.

Por outro lado, as boas subidas do visitante também ficaram escassas. Isla, mais "preso" e com a cobertura de Willian Arão, resolveu o problema pela direita.  Como as chances não surgiram mais - dos dois lados -, os técnicos usaram todas substituições à disposição, mas pouca coisa mudou. Até aos 41.

Foi com um a menos em campo - Pedro Rocha entrou e sentiu lesão muscular - que o Flamengo encontrou espaço. Everton Ribeiro arrancou e encontrou Matheuzinho pela direita. O jovem lateral foi ao fundo e a defesa do Fortaleza, em um raro momento, vacilou. Livre, Gabigol finalizou de primeira, no canto, para garantir a primeira vitória do Rubro-Negro como mandante no Brasileirão.

FLAMENGO 2X1 FORTALEZA
FICHA TÉCNICA

Estádio:
Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
​Data e horário: 5 de setembro de 2020, às 17H
​Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (Fifa-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Árbitro de vídeo: José Cláudio Rocha Filho (SP)

Renda/Público: Portões fechados
Gols: Everton Ribeiro (1-0, 5'/1ºT), Juninho (13'/2ºT) e Gabigol (2-1, 41'/2ºT)

Cartões amarelos: Everton Ribeiro (FLA); Carlinhos (FOR)
Cartão vermelho: Não houve.

FLAMENGO (Técnico: Domènec Torrent)

Gabriel Batista; Isla (Matheuzinho, 26'/2ºT), Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Diego, 32'/2ºT), Everton Ribeiro e Arrascaeta (Pedro Rocha, 32'/2ºT); Michael (Lincoln, 26'/2ºT) e Pedro (Gabigol, Intervalo)

FORTALEZA (Técnico: Rogério Ceni)

Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Paulão e Carlinhos; Juninho, Ronald (Felipe, 29'/2ºT) e Marlon (Romarinho, Intervalo); David (Mariano Vázquez, 38'/2ºT), Osvaldo (Fragapane, 38'/2ºT) e Ederson (Wellington Paulista, 35'/1ºT)