Phelipe Leal

Phelipe Leal foi campeão da Copa do Brasil Sub-17 em 2018 (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Victor Mendes
18/06/2019
16:02
Rio de Janeiro (RJ)

Depois da classificação para a final da Taça Guanabara Sub-17, ao vencer de virada o Vasco da Gama por 2 a 1, o Flamengo se prepara para a considerada primeira semana decisiva da temporada 2019. Nos próximos dias, além da decisão do primeiro turno do Estadual, no sábado, às 10h, contra o Fluminense, na Gávea, o time inicia o mata-mata do Brasileirão da categoria. Nesta quarta, entra em campo às 15h, no Estádio Municipal do Pinhão, para o jogo de ida das quartas de final contra o Atlético-PR.

O elenco fez um treino na parte da manhã desta terça e viajou na sequência para Curitiba. A expectativa é dar sequência ao bom momento no primeiro semestre do ano. No sábado, a classificação veio de forma emocionante. O Flamengo sofreu o 1 a 0 do Vasco, teve um jogador expulso, mas buscou força para reagir e conseguir a virada. Em conversa por telefone com a reportagem do LANCE! antes do embarque, o técnico Phelipe Leal falou um pouco sobre a fase que vive o Rubro-Negro.

- Semana decisiva sempre tem um clima especial. Porém, pelo calendário da temporada, todos os jogos da primeira fase acabaram sendo decisivos e importantes para a classificação final. Contudo, o essencial nesse momento é manter o equilíbrio e apostar na preparação detalhada do dia a dia - afirmou.

Campeão da Copa do Brasil em 2018, o Flamengo segue se destacando pela aptidão ao ataque. No Brasileirão Sub-17, marcou 23 gols na primeira fase (é o segundo melhor ato torneio, o 7 a 0 contra o Vitória. Segundo Phelipe Leal, que comandou a conquista da copa no ano passado na final contra o Fluminense de João Pedro e Marcos Paulo, a vocação ofensiva é natural num clube com a história do Flamengo.

- O Flamengo tem esse estilo mais voltado ao ataque, e não podemos pensar diferente e contradizer a história. O clube tem em sua metodologia idéias muito claras de como suas equipes devem jogar, e a obsessão pelo gol é um dos nossos princípios - garantiu.

A provável escalação do Flamengo para encarar o Athletico-PR nesta quarta deve ser a mesma do clássico contra o Vasco: Bruno; Marcos Felipe, Gabriel Noga, Otavio e Caio; Dhouglas, Daniel Cabral e Lázaro; Pedro Arthur, Carlos Daniel e Weverton. 

Flamengo Sub-17
No sábado, Flamengo venceu o Vasco de virada e garantiu vaga na final da Taça Guanabara Sub-17 (Marcelo Cortes/Flamengo)

Confira o bate-papo completo com Phelipe Leal:

O Flamengo tá invicto em clássicos neste ano. Venceu o Botafogo pelo Brasileirão e os dois confrontos contra o Vasco na Taça Guanabara. O Fluminense também está 100%. Venceu o Vasco no BR e o Botafogo no Carioca. É um final, de fato, bem igualada, sem favorito?
Em toda decisão é difícil apontar um favorito, ainda mais quando temos um clássico tão importante pela frente. Sabemos das dificuldades e das exigências que teremos em ambos os jogos, mas estamos preparados para todos os contextos que enfrentaremos.

E como é preparar jogadores tão novos para jogos desse nível? Além dos treinamentos táticos, técnicos, também rola algo mais voltado para a parte mental?
Contamos com um trabalho integrado com o departamento de psicologia no dia a dia, que fortalece com nossos atletas o conceito de mentalidade vencedora e protagonismo. Acreditamos que superar desafios, sejam eles quais forem, potencializa momentos como os que vivemos e superamos na semifinal contra o Vasco.

Nesta temporada, o sub-17 está com um calendário um pouco "semelhante" ao do profissional. Além do Campeonato carioca e da Copa do brasil, agora temos o Campeonato Brasileiro (em 2019, pela primeira vez a CBF organizou o Brasileirão nas categorias sub-20 e sub-17; anteriormente, uma edição no sub-17 foi disputado em 2012, organizado pela Federação Gaúcha). Como você vê a implementação dessa competição no calendário da base?
Ter jogos competitivos ao longo de toda a temporada é importante para o desenvolvimento desportivo dos atletas, e isso eleva o parâmetro de desempenho nas avaliações. Porém, precisamos estar atentos para que o processo de ensino e de aprendizagem ao longo dos treinamentos não seja prejudicado.

A campanha do Flamengo na fase de grupos do Brasileirão Sub-17:
Grêmio 3x1 Flamengo
Flamengo 2x1 Botafogo
Flamengo 2x0 Corinthians
América-MG 0x0 Flamengo
Flamengo 7x0 Vitória
Flamengo 2x2 Internacional
Bahia 1x3 Flamengo
São Paulo 3x3 Flamengo
Flamengo 3x0 Chapecoense