Marcos Braz entrega camisa do Flamengo a Rodrigo Caio

Vice-presidente de futebol Marcos Braz ao lado de Rodrigo Caio (Alexandre Vidal / Flamengo)

LANCE!
30/12/2018
14:36
Rio de Janeiro (RJ)

O zagueiro Rodrigo Caio, que foi anunciado como reforço do Flamengo no último sábado, afirmou, em uma publicação em rede social, estar 'extremamente motivado' com a chance de defender o Rubro-Negro. O jogador, cria das categorias de base do São Paulo, assinou contrato até 2023.

O Flamengo desembolsou 5 milhões de euros (cerca de R$ 22,2 milhões) e adquiriu 45% dos direitos de Rodrigo Caio.

"É com muito orgulho e extremamente motivado que inicio a minha história no Flamengo. Honrado demais em poder defender esse clube gigantesco. Não vejo a hora de entrar em campo com a camisa Rubro-Negra", publicou.

Rodrigo Caio publica foto com camisa do Flamengo
(Reprodução Instagram)

Anteriormente, em uma outra publicação, o zagueiro se despediu do São Paulo. Ele agradeceu à diretoria, comissão técnica, funcionários e torcedores, além de garantir que deixa o Morumbi de cabeça erguida.

"Posso dizer que foi uma vida aqui dentro, alegrias, conquistas, amor e sofrimento, mas que tudo valeu a pena. Saio de cabeça erguida, muito realizado e deixo um legado: Profissionalismo, dedicação e respeito a essa camisa. Muito obrigado instituição SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE, todos jogadores, diretoria, comissões técnicas, funcionários, e os verdadeiros torcedores tricolores, além daqueles que fizeram parte dessa minha história. Vocês estarão sempre em minha memória e coração", escreveu.

Rodrigo Caio se despede do São Paulo
(Reprodução / Instagram)

Segundo o LANCE! apurou, há a possibilidade de, dependendo de metas alcançadas por temporada, o Rubro-Negro comprar mais 15% dos direitos por mais um milhões de euros (R$ 4,44 milhões) - isso, em um prazo de dois anos. Então, daqui a duas temporadas, o Flamengo pode passar ao São Paulo mais dois milhões (R$ 8,88 milhões) de euros e adquirir mais 30% dos direitos, ficando com 75%. O restante, ficaria dividido em 15% com o Tricolor e 10% para o próprio jogador.

O setor defensivo ganhou certa urgência na Gávea, uma vez que o técnico Abel Braga começaria a temporada tendo apenas Léo Duarte e Rhodolfo à disposição. Réver foi negociado com o Atlético-MG, Juan se recupera de grave lesão no tornozelo direito e Thuler está com a Seleção Brasileira Sub-20, que disputará o Sul-Americano da categoria.