Willian Arão - Athletico x Flamengo

Gostou do que viu: Willian Arão teve a atuação elogiada por Jorge Jesus (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Matheus Dantas
11/07/2019
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

A cena de Jorge Jesus, na beira do gramado, gritando "Tá mal, Arão!" viralizou e virou até funk. O desespero do treinador quanto ao posicionamento do meia durante o jogo-treino contra o Madureira deu lugar aos elogios após a partida contra o Athletico, nesta quarta, pela Copa do Brasil. O português classificou o jogador - muitas vezes contestado pela torcida - como inteligente e intenso.

A opção de Arão entre os titulares passou também pela condição física de Diego, que teve problemas durante a semana e perdeu alguns treinamentos. Assim, Jorge Jesus escalou o camisa 8 ao lado de Cuéllar. Atrás do placar na Arena, o treinador substituiu o colombiano e manteve Arão como primeiro volante. Após o 1 a 1 na Arena, Jorge Jesus explicou as opções feitas no duelo.

- O princípio do Willian Arão sempre foi ser um primeiro volante e com o tempo avançou. Temos que ver o que é primeiro e segundo volante em características individuais. E eu o vejo como primeiro volante - disse o técnico, antes de seguir:

- (Arão) Faz as duas funções. É um jogador com a intensidade e a característica muito alta. É muito inteligente e com intensidade de jogo muito alta - finalizou.

A "visão" de Jorge Jesus sobre Willian Arão explica a busca da diretoria por um segundo volante no mercado. O clube já fez oferta à Roma por Gerson e, com Bruno Spindel e Marcos Braz na Europa,. aguarda um desfecho positivo nesta semana. Um lateral-esquerdo e um atacante também são reforços desejados.